9
Janeiro

Quero ter um e-commerce! E agora?

Em 2017, começou a ‘’revolução’’ de lojas virtuais: pequenos empreendedores começaram a se propagarem pela Internet. Mas, para você ter um e-commerce, não basta apenas ter vontade! É preciso ter investimento (não é tão grande como de uma loja física) e muita persistência para que a sua marca ou o seu produto sejam reconhecidos no meio digital.

 

Antes de começarmos a falar de dinheiro e todas as partes burocráticas, faça uma análise da sua situação e do mercado em que você se encaixa. Por mais que você saiba como ele funciona, é com estudo, que você reconhece os pontos que precisam ser melhorados. Já em relação ao mercado, você tem que entender as tendências, como seus concorrentes estão fazendo e como o seu consumidor age para que o e-commerce possa alcançar o seu foco principal.

 

Pronto. Analisou seu negócio? Agora, planeje-se! Você vai perceber se será necessário investimento em certas áreas ou não, como deverá ser sua comunicação e entre outras coisas que você só poderá saber com a análise e planejamento feitos.

 

Outro passo para você mudar para o e-commerce é conhecer as plataformas disponíveis. São milhares de opções, das mais simples até as mais complicadas. Você pode dá uma pesquisada no Google ou contratar um profissional para analisar e instalar toda a loja para você. Existem três tipos de plataformas no mercado: gratuita, código fonte aberto e pagas. Geralmente, as pagas costumam ter um suporte de qualidade e te oferecem a possibilidade de customizar todo o layout.

 

Depois, é preciso pensar no nome. No Registro.br, você pode consultar os nomes disponíveis para a sua loja e os planos para compra do domínio custam cerca de R$ 40,00 durante o período de 1 ano. Qualquer pessoa jurídica (CNPJ) ou física (CPF) pode registrar um domínio para o seu site, desde que esteja em território nacional.

 

Após resolver essa parte, você deve pensar na divulgação da sua loja virtual. Elabore o conteúdo da sua empresa nas redes sociais, inclua as estratégias de marketing digital e desenvolva o seu relacionamento com os clientes.

 

São muitas coisas para pensar né? Vá aos poucos, estude e busque pessoas que já passaram por isso. Mas, não esqueça de se organizar e se planejar antes de começar a AÇÃO!

 

Até a próxima! 

Equipe, Actionpay. 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais