14
Setembro

Você Sabe como trabalhar com o Telegram? 

 

O Telegram é uma rede social de mensagens privadas e em grupos criada em 2013 por uma empresa russa. O app grátis da Rússia está disponível para celulares Android, iPhone (iOS) e Windows Phone, além das versões para desktop e web. Seu conteúdo fica armazenado na nuvem, promovendo mais eficiência e rapidez no envio de mensagens e de conteúdos mais pesados, no formato PDF, por exemplo. Conta ainda com funcionalidades de áudio, imagem, vídeo, emojis, stickers e outras ferramentas de interação e engajamento, como enquetes.

Para começar contar as vantagem, no App as mensagens apresentam um contador de visualizações. Além disso, é possível criar canais privados e públicos, que podem ser encontrados por outros usuários do Telegram a qualquer momento através das buscas. Os canais privados só permitem a entrada a partir de um convite do criador ou um link de acesso. Já os grupos funcionam de uma forma diferente, eles têm um limite de 200 mil usuários – o que já é extremamente superior ao limite de 256 participantes dos grupos do WhatsApp, por exemplo.

A grande diferença que faz com que o Telegram seja té mais seguro que o WhatsApp é a privacidade do seu número de telefone. Quando se está em um grupo, só é possível ver a lista de membros do grupo e suas informações pessoais quando o grupo é privado. A maioria dos grupos de Business no aplicativo você só consegue verificar o contato do Administrador.

Como dito acima, o Telegram também oferece seu próprio recurso de Stickers e permite que usuários possam criar seus próprios adesivos para usar nas conversas através do aplicativo. Stickers são uma excelente forma de reagir à mensagens e deixar a conversa o mais amigável possível.

Outra vantagem do Aplicativo, sendo um dos maiores motivos para se utilizar o Telegram para negócios, os Bots são extremamente úteis e podem facilitar sua vida imensamente. O aplicativo permite que usuários criem seus próprios Bots, realizando diversas funções e atendendo necessidades de acordo com seu negócio.

Um outro ponto do Telegram, em comparação ao WhatsApp, é que ele é integrado perfeitamente para uso na nuvem. Com isso, é possível acessar todos seus recursos através de qualquer navegador acessando a página oficial do aplicativo.

Agora que você já conhece o aplicativo e sabe das suas vantagens, não perca mais tempo e o use para crescer cada vez mais no Mercado de Afiliação.
Qualquer dúvida ou sugestão, deixe aqui nos cometários.

 

 

Artigo escrito por Laura Riggo

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
1
Setembro

TIPOS DE SITES DE AFILIADOS

Neste artigo iremos falar sobre tipos de sites afiliados. Existem diversos tipos de sites afiliados e que podem ser classificados em duas categorias principais: Nichados e Geralzão

 

Sites Nichados

Sites nichados são aqueles que são especializados em determinada categoria de Ecommerce, linha de produtos ou um nicho inteiro, geralmente são compostos de produtos específicos daquele nicho e com poucos anunciantes. É o tipo de site que chamamos de site especialista ou também como site de vertical

 

Sites Geralzão

São sites que englobam diversos anunciantes, diversas categorias e inúmeros produtos. É o tipo de site mais comum na internet

 

Qual o melhor tipo de site: Nichado ou Geralzão?

Ao contrário da crença de que quanto mais produtos e anunciantes eu tiver no meu site, maior serão as chances de vender igual é nos sites geralzão, os sites nichados são os queridinhos dos anunciantes pois eles tem exatamente o público que tem mais afinidade com os produtos daquele anunciante.

 

Exemplo: Se Motorola quer aumentar suas vendas com afiliados, logicamente ela irá procurar por sites ligados a reviews de celulares e sites agregadores de celulares

 

A regra máxima no marketing de afiliados é: Quanto mais nichado seu site for, mais chances de sucesso você terá pois tem o público exato que os grandes anunciantes procuram.

 

Quais são os tipos de sites afiliados?

Independente do site ser nichado ou geralzão, eles são classificados em diversos tipos específicos conforme vamos falar abaixo:

 

Sites de Conteúdo

Nessa categoria estão englobados os blogs e sites de notícias, são sites que geram conteúdos para assuntos diversos, assuntos de um determinado nicho ou mesmo notícias. A grande maioria destes sites são monetizados com campanhas de CPM. ( Google adsense e Adnetworks) pois desconhecem outras formas de monetização como CPA e CPL que inclusive você pode conferir na aba campanhas da Action pay e monetizar melhor seu site muito além do CPM.

 

Sites de Cupom

São sites agregadores de cupons de desconto e links promocionais, São sites que divulgam cupons de desconto de diversas lojas e ganham uma comissão para cada venda realizada pelo usuário que utilizou aquele código do cupom ou comprou utilizando um link promocional

 

A Action pay disponibiliza diversos cupons que você pode divulgar no seu site de cupons.

 

Agregadores de Ofertas

Um dos tipos mais comuns de sites afiliados, eles são agregadores de produtos, diversos modelos destes produtos de vários anunciantes. É o tipo de site geralzão e geralmente tem dezenas de categorias de produtos. Podem ser nichados ou não também

 

Fóruns de Promoções

Fóruns de promoções são sites aonde os membros podem postar cupons de desconto, produtos em promoção e ofertas com desconto. É o tipo de site que chamamos de comunidade. O grande diferencial deste tipo de site é a ajuda mútua entre os membros

 

Comparadores de Preços

São sites que como o próprio nome diz, comparam preços do mesmo produto em diversas lojas anunciantes. Os comparadores preços trabalham com atualização de preços em tempo real. Eles estão entre as tops fontes de pesquisa de preços para tomada de decisão de compra por parte do consumidor

 

White Label

Um site White label é aquele que se associa a outro site. São sites independentes que utilizam a marca proprietária do site principal, é muito usado por sites de cupons de desconto em parceria com sites de notícias

 

Reviews de Produtos

São sites que avaliam produtos minuciosamente com seus prós e contras e indicam aos seus usuário quais são os melhores produtos, as melhores marcas, os melhores modelos e quais características técnicas cada produto apresenta.

 

Landing pages de Produtos Únicos ou Sazonais

Não são praticamente um site em si, são landing pages aonde o afiliado divulga somente um produto, fazendo o review desse produto e indicando as melhores lojas e os melhores modelos. Essa técnica é muito utilizada pelos profissionais de dropshipping. Essas landing pages podem ser fixas ou apenas sazonais como na black Friday por exemplo

 

E ai? Gostou? Você já conhecia estes tipos de sites afiliados? Deixe nos comentários o que achou e caso tenha alguma dúvida, será um prazer responder você. Participe!

 

Artigo escrito por Tiago Miarelli

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
18
Agosto

ENTENDA OS TIPOS DE AFILIADOS QUE EXISTEM

 

Afiliados CPA – Custo por Ação

É o tipo mais comum de afiliado que ganha uma comissão por cada venda realizada ou por cada ação executada, lembrando que estas ações executadas podem ser o preenchimento de um formulário como nas campanhas de CPL ou um download de aplicativo como fazem os afiliados de CPI

 

Afiliados CPM.

Afiliados de CPM – Custo por Mil Impressões. São os afiliados que monetizam seus sites afiliados com a impressão de anúncios. Eles ganham um determinado valor para cada 1000 impressões deste anúncio em seu site. O google Adsense é o modelo mais comumente usado por este tipo de afiliado

 

Afiliados CPC

São afiliados que trabalham com campanhas de CPC – Custo por Clique, ou seja, este tipo de afiliado ganha um valor determinado para cada clique que um usuário faz no seu site, seja em um link ou em um banner. As comissões por clique podem ser por clique único ou por duplo clique, nas comissões por duplo clique o usuário tem de clicar no link ou banner do site afiliado e ao chegar no site do anunciante, tem de clicar em algum produto por exemplo, só assim a comissão é contabilizada para o afiliado.

Cabe lembrar que geralmente campanhas de CPC são geralmente fechadas e somente são oferecidas para afiliados cuja audiência tem afinidade com os produtos do anunciante. Sites Nichados tem alta chance de receberem campanhas de CPC

Este tipo de campanha é veiculada através de links, banners e disparo de email de marketing como você verá abaixo.

 

Afiliados de Email Marketing

Os afiliados de email marketing como o próprio nome diz, são afiliados que trabalham com email marketing e podem ser comissionados de algumas formas:

CPD – Custo Por Disparo: O afiliado recebe um valor fixo por determinada quantidade de e-mails enviados

CPA- Custo por Abertura – O afiliado recebe um valor fixo para cada email aberto pelo destinatário

Aqui vale mencionar que afiliados de email marketing também rodam muito campanhas de CPC –  Custo por Clique e Campanhas de CPA

 

Afiliados de CPI

São afiliados Mobile, Eles trabalham com campanhas que visam o download de aplicativos e podem ser monetizados de 2 formas:

– Por Download único

Nas campanhas de download único, os afiliados de CPI ganham uma comissão fixa para cada usuário que fazem um download de um determinado aplicativo

– Por Evento

Já nas campanhas por evento, além do usuário fazer o download do aplicativo, este usuário também tem de executar alguma ação, seja o primeiro pedido ou a primeira compra. Ou seja, o afiliado de CPI somente irá ganhar a comissão depois que usuário usar o aplicativo de fato

 

Afiliados de CPL

Os afiliados de CPL – Custo Por Lead – São afiliados que ganham comissões para cada lead (Potencial cliente) que eles conseguem para o anunciante, os famosos formulários

Vale ressaltar que quanto mais campos necessários de preenchimento um formulário contiver, maior será a comissão do afiliado e maior será a dificuldade do afiliado para conseguir novos usuários que sejam leads.

Como falamos no artigo sobre tipos de sites afiliados, quanto mais nichado for um afiliado, seja de redes sociais ou com site próprio, maior serão as chances de conversão em campanhas de CPL

 

Afiliados de Tráfego Arbitrado

São afiliados especializados na compra de tráfego, é um tipo de afiliado mais sofisticado. Ele compra tráfego em formato e ganha comissão em outro, exemplo: Ele compra tráfego via CPM. e ganha comissão em CPA, CPL ou CPI

 

Na Actionpay temos vários tipos de campanhas, faça sua inscrição e converse com seu Account manager para saber um pouco mais sobre as campanhas disponíveis

 

E ai? Gostou? Você já conhecia estes tipos de sites afiliados? Deixe nos comentários o que achou e caso tenha alguma dúvida, será um prazer responder você. Participe!

 

Artigo escrito por Tiago Miarelli

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
9
Julho

E-commerce na Pandemia

Bom, como todos nós sabemos, a pandemia do covid-19 chegou e acabou prejudicando demais tanto a economia nosso país, quanto a mundial, e principalmente, os comércios de uma maneira geral. Os empreendedores, as marcas, lojas e negócios locais, precisaram tomar uma atitude rapidamente, então eles começaram a se reinventar! E assim, a necessidade por uma outra fonte de renda fez com que a procura por e-commerces e lojas onlines crescesse. Nossas redes nunca viram tanta gente online e ativa nos últimos 3 meses. Por isso, conseguimos observar que teve um crescimento, relevante, no meio digital com a migração de lojas físicas para lojas onlines! 

 

Em primeiro lugar, é de extrema importância destacarmos que por mais que as pessoas tenham continuado com a sua necessidade de consumir, as prioridade mudaram. Através da revista Época Negócios, as empresas que mais cresceram no meio da crise foram da categoria de casa, decoração, utilidades em geral e restaurantes! Através dessa pesquisa disponibilizada por eles, conseguimos analisar que o público passou a valorizar mais ainda o local onde estavam passando a maior parte do tempo: as suas casas! 

 

Uma outro ponto que podemos apontar é o crescimento significativo das empresas e marcas, tanto iniciantes, quanto às mais experientes no mercado, em relação ao posicionamento digital! Nunca se viu tanta produção de conteúdo e relacionamento, de forma humanizada, dos negócios com o seu público alvo. Isso gerou conexão no meio do mercado e consequentemente, atraiu mais admiração e consumo da população! 

 

Em suma, para concluir nossas concepções do crescimento do e-commerce na pandemia, podemos observar que algumas estratégias de marca foram adaptadas para esse novo público que surgiu e para as suas prioridade, como por exemplo, a loja Renner sendo divulgada através da live da Marília Mendonça no Youtube, ou outras parcerias com Influenciadores Digitais. Por isso sempre falamos, precisamos cada vez mais nos reinventar e conquistar a sociedade através da humanização! Aqueles que conseguiram unir essas duas atitudes, foram as que tiveram relevância e conseguiram sobressair no mercado digital. 

 

Artigo escrito por Joyce Ribeiro

 

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
4
Junho

Como Aumentar as Vendas Através do Branding?

Os profissionais de marketing costumam falar sobre a importância da marca, trazer exemplos de logos famosos de empresas de sucesso e criar uma identidade visual corporativa. 

Antes de entender sobre a necessidade de criar uma marca que seja lembrada, vamos falar como ela funciona em situações reais. Por que tantas vezes nós pagamos mais caro por determinados itens? Um motivo é a confiança na marca que estamos comprando, sem necessidade de pesquisas e análises prévias. 

Qualquer produto pode apresentar alta qualidade, porém quando o logo acompanha uma história valiosa de marca e que tenha muitos fãs, faz com que o público confie e se identifique mais nele. 

Esse produto diz ao consumidor que, se ele for até o balcão e o adquirir, não será um desperdício de dinheiro, mas sim um investimento em algo realmente valioso. Ao mesmo tempo, o que pode nos dizer um produto bom, mas sem uma marca conhecida? Nada. Ele é silencioso.

Neste artigo, falaremos sobre como tornar produtos e serviços que não são “ouvidos” em algo atrativo para o público-alvo e como aumentar as vendas da empresa.

Como criar uma marca forte?

Agora que lembramos de como é importante a influência da marca, vamos descobrir que tipo de coisa ela é e como alcançar o mesmo resultado com o nosso logotipo. Visto que a identidade visual da marca deve ser desenvolvida a partir do logo, você definitivamente precisa ter um. Usando serviços online, essa será uma tarefa fácil e rápida de ser concluída. 

Primeiro de tudo, é preciso distinguir claramente os conceitos de logo e de marca. Voltando ao exemplo anterior do produto no balcão, podemos concluir que não confiamos apenas em uma figura, ou seja, no logotipo, mas confiamos em toda a marca, e assim, na experiência e nas conquistas da empresa que conhecemos. O logo, neste caso, nos permite identificar a empresa por trás do produto. Isso significa que o logo é um componente importante da marca. Contudo, também existem outros elementos que devem ser considerados.

Qualidade e preço

A qualidade do seu produto ou serviço deve ser confirmada pelos preços. Às vezes, sem uma consulta oportuna, o consumidor pode descobrir que um produto mais caro será de maior qualidade. Isso é algo que não pode ser erradicado de nós. Porém, você também pode perder clientes nesse truque. 

Por exemplo, a marca Lexus foi criada pela Toyota Motors especificamente para diferenciar a linha principal com o slogan “A corrida imparável pelo sucesso”. Os carros de luxo estão agora em 10 marcas japonesas a preço de mercado. Se a sua política de preços não envolver um aumento no preço de um produto ou serviço competitivo, concentre-se no orçamento dessa compra. Usando publicidade e instruções simples, deixe os clientes entenderem que a funcionalidade e a qualidade do seu produto não são inferiores às apresentadas pelos fabricantes mais populares. 

A inconsistência da qualidade em relação ao alto preço pode afetar gravemente a atitude de seus clientes para com a sua empresa. É melhor contar com um grupo de compradores dispostos a arriscar a qualidade de um produto ou serviço em relação ao seu baixo custo.

Diversidade em atrair clientes

Você conhece bem o seu público-alvo? Essa análise é necessária para desenvolver boas estratégias de atração de clientes. Considerando as características do seu público é necessário não apenas fornecer produtos e serviços a ele, mas também desenvolver uma identidade corporativa e até mesmo escolher a cor que as paredes de uma loja ou escritório serão pintadas. 

É importante lembrar constantemente das preferências de seus clientes e trabalhar com elas, usando métodos e abordagens adequadas. Isto é, ao abrir uma creche, você precisa considerar que tipo de serviço os pais das crianças estão dispostos a pagar, bem como, que tipo de oferta interessará a uma criança. 

Se isso parece uma tarefa difícil, lembre-se de Walt Disney. Ele não parou no setor principal, que era animação, mas também se arriscou a comprar 60 hectares de terra em Nova Orleans, onde construiu a Disneylândia com o slogan “O lugar mais feliz do planeta”. Essa nova abordagem para atrair clientes encantou as pessoas e aumentou significativamente as vendas da empresa. 

Analise as características de seus clientes e experimente abordagens para atrair novos consumidores.

Trabalhe com os clientes

Um cliente ofendido não é apenas uma simples perda, mas um vírus que propaga críticas negativas sobre a empresa, sempre que possível. Assim, a empresa pode perder não apenas clientes atuais, mas também potenciais. É importante evitar a negligência na comunicação com os clientes. Não importa se você está dialogando ou trocando e-mails com seu cliente, mostre seu interesse em resolver problemas. O cliente deve saber que pode confiar em você e que vale a pena trabalhar com você. 

Além disso, ter interesse nas opiniões e avaliações dos clientes pode abrir uma maneira mais prospectiva de desenvolvimento da empresa. Assim, a mundialmente famosa empresa LEGO e seu slogan “Crianças Nos Servem de Exemplo”, em meados dos anos 60, tornou-se a primeira do setor a ouvir os desejos dos clientes antes de começar a desenvolver um novo produto. Isso ajudou a empresa a concluir um dos projetos mais bem-sucedidos: criar uma ferrovia a partir de blocos, o que trouxe um enorme lucro aos proprietários. Não deixe as mensagens para serem respondidas mais tarde, é preciso responder prontamente aos clientes. Isso criará uma imagem favorável da sua empresa. 

A maneira como você se comunica com os clientes, o humor e o estilo da conversa podem afetar diretamente as vendas. Muitas vezes, depois de conversar com um vendedor experiente, um cliente faz uma compra que ele não planejava anteriormente. Além disso, compreender os princípios básicos da psicologia ajudará você a deixar o comprador mais interessado e a inspirar a confiança dele. Mas isso requer diálogo. Não tenha medo de conversar com seus clientes.

Estilo criativo

Crie o seu estilo corporativo e atenha-se a ele. Assim será mais fácil para seus clientes formarem uma imagem unificada de sua empresa. O estilo original deve incluir, além das cores corporativas e o uso de um logo, também o conceito de como o conteúdo será construído: temas e estilos que dominam em seus blogs ou mídias sociais. Recomenda-se publicar fotos de produtos ou quaisquer outros componentes visuais que combinem uns com os outros em suas plataformas web, criando assim uma imagem original da empresa. Para fazer isso, você pode contratar um fotógrafo ou usar a câmera de seu smartphone. Seja qual for o caso, cada elemento do seu estilo deve destacar de forma harmoniosa a criatividade da sua empresa. Cuide disso.

Transparência e honestidade

Não tente enganar o cliente. Isso é algo que pode destruir o relacionamento de confiança com ele para sempre. Seja extremamente honesto sobre as vantagens e desvantagens do seu produto. Não use conteúdo manipulador em e-mails, comerciais, artigos, etc. Os consumidores não gostam quando alguém os engana. Além disso, eles rapidamente sentem que não foi sincero. A melhor maneira é tentar criar uma amizade especial. Para isso, esteja aberto.

  • Conte aos clientes a história da sua empresa em uma página web chamada “Sobre Nós”.
  • Compartilhe os princípios da sua empresa postando fotos ou informações sobre eventos ou organizações que você apoia.
  • Avaliações reais dos clientes são necessárias, tanto positivas, quanto negativas. Pois ninguém acredita que 100% dos usuários admirem o produto.
  • Escreva descrições verdadeiras dos produtos. É importante que as pessoas saibam o que vão receber ao darem o dinheiro delas.
  • Garanta aos consumidores a proteção de seus dados. É importante que as informações do cliente não acabem em outras mãos.
Incentive a atividade dos clientes

Crie plataformas para discussão em suas páginas de mídia social, onde os clientes podem compartilhar experiências e sentimentos após a compra. Faça ofertas especiais para motivar o público a postar fotos com a sua marca ou deixar comentários. Acima de tudo, os clientes confiam em avaliações de outros clientes. Portanto, tente abrir páginas para discussão. Atraia visitantes para participarem de pesquisas e outras atividades. Isso ajudará a formar um grupo de pessoas que gostam de seus produtos e serviços. Também criará a sensação de uma grande e amigável família entre os usuários. Assim, o risco dos clientes buscarem os concorrentes será reduzido.

Todos esses aspectos do negócio são componentes integrais da marca, o que fará com que o seu produto fale por si e motive os consumidores a se tornarem seus clientes. 

Como atrair clientes através da mudança da percepção da marca?

Vamos considerar a situação de um produto de marca no balcão da loja novamente. Se a escolha para o consumidor é óbvia, tudo está bem e a empresa não tem com o que se preocupar. Mas e se houver outras marcas conhecidas próximas ao seu produto? Provavelmente isso vai acontecer. De fato, a competitividade no mercado moderno é simplesmente insana. É improvável que haja algum nicho em que uma startup não precise lutar para ter seu lugar ao sol. Mas mesmo que você consiga encontrar algum, com certeza você não ficará sozinho lá por muito tempo. O mercado cria uma ampla gama de produtos para o público e, consequentemente, maior concorrência para as empresas. Portanto, apenas criar uma marca não é suficiente, é preciso também cuidar da sua competitividade.

Primeira impressão

Pode parecer que para startups no ramo de locação ou aquisição de imóveis, por exemplo, estabelecimentos de catering, escolas particulares, lavagens de carros, etc. que a primeira impressão dos clientes será gerada apenas quando no interior do estabelecimento e quando o serviço for feito. Mas é preciso olhar mais profundamente e pensar nos outros caminhos que existem entre você e o seu público. Você deve considerar todas as opções possíveis para se encontrar com um cliente em potencial: páginas de destino, cartões de visita, publicidade, etc. Para percorrer esses caminhos, vale a pena considerar as preferências do seu público-alvo.

Consistência

Há pouca confiança em pessoas que são inconsistentes em seus discursos e frequentemente mudam de ideia. No marketing, essa diversidade pode afetar negativamente o status da sua empresa. Para manter a sua imagem clara e familiar para os consumidores, você precisará criar uma estratégia clara de promoção da marca e segui-la. Também é importante verificar quais resultados o Google mostra ao pesquisar informações sobre sua empresa. Se algumas informações não estiverem em conformidade com a sua empresa, exclua-as entrando em contato com os autores ou com o Google diretamente.

 

Fidelidade

A lealdade do cliente acelera o crescimento da base de clientes e aumenta as vendas repetidas. Seja amigável com seus clientes e mostre a eles a sua disposição em ajudar. Para fazer isso, é melhor usar o e-mail, onde você pode informar os clientes sobre ofertas especiais. A quantidade dos e-mails enviados dependerá diretamente do número de seus eventos e conteúdo exclusivo. Se você não tem nada para anunciar, pode enviar um lembrete de que você existe, mas não force muito. 

Usando essas dicas, a sua marca em breve conversará com seu público-alvo com mais confiança e chamará mais atenção de que seus concorrentes. Mas antes, dê o primeiro passo para criar uma marca forte e eficiente da sua empresa criando um logo e o estilo corporativo dela agora mesmo. E saiba que isso nunca será um problema: com os serviços online disponíveis, é apenas questão de minutos.

 

 

Material preparado logaster.com.br

O autor: Anatolii Riaby

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
18
Março

Entrevista com Afiliado #4 | Eu Amo Cupons

Essa semana entrevistamos o Rogério, fundador do site “Eu Amo Cupons”. Ele é um dos top afiliados da Actionpay no segmento de promoções e o seu portal é focado em disponibilizar cupons promocionais para centenas de 

pessoas. 

 

 

  1. Actionpay: Qual é a história do “Eu Amo Cupons”? Como surgiu ?

” A Eu Amo Cupons surgiu no início de 2017. A história que antecede o surgimento da empresa foi interessante: Eu sempre trabalhei com e-commerce e sempre tive vontade de empreender. Em 2014 iniciei meus empreendimentos online e quebrei cerca de 15 projetos diferentes até lançar a Eu Amo Cupons. Costumo dizer que foi uma série de erros e aprendizados até chegar no modelo de cupons de desconto. Essa série de erros foi bom para futuras estratégias que implementaremos ao longo da trajetória da empresa.” 

 

 

2. Actionpay: O que diferencia o Eu Amo Cupons dos outros sites de cupons de desconto?

 

“No mercado de cupons de desconto online não existe um diferencial único entre os concorrentes pois a mecânica é basicamente a mesma. O que temos como missão é sempre oferecer o melhor desconto para nosso usuário. Para isso possuímos uma equipe de “caçadores de cupons” que ficam durante o turno inteiro encontrando, testando e pedindo cupons para nossos parceiros. Além dessa nossa missão, temos uma mentalidade de inovação constante. Todos os integrantes da equipe que tem ideias de projetos com foco em usuário e melhoria, nós criamos sprints com frequiencia para que as melhores ideias sejam implementadas. ” 

 

 

3. Actionpay: Como você descreveria o início da nossa parceria e quais as vantagens?

 

“No início a Eu Amo Cupons não tinha muito braço para operar da forma que opera hoje, então a parceria com a Actionpay era um pouco lenta. Depois que iniciamos alguns testes de vendas na plataforma de vocês, vimos o quão eficientes eram. A vantagem da Actionpay sem dúvida é a quantidade de parceiros que possuem e o atendimento da nossa account manager.”

 

 

4. Actionpay: Quais são os maiores benefícios para os anunciantes trabalharem com um afiliado de cupons?

 

“A taxa de conversão. Se o anunciante pretende bater a meta de vendas mais facilmente, o uso de cupom sem dúvida é um potencializador. Os consumidores têm uma percepção positiva quando enxerga o desconto sendo aplicado no carrinho de compra quando usa um código de desconto. É mais eficaz do que simplesmente oferecer o tradicional desconto no produto.” 

 

 

5. Actionpay: Com o decorrer do tempo, quais os desafios que apareceram no caminho do negócio de vocês?

 

” Bom, a busca por cupom de desconto vem crescendo ano após ano. Então, neste caso, o desafio nunca foi o mercado, mas a fidelização do consumidor. Fizemos uma pesquisa em 2019 quando fomos acelerados pela Startup Farm, e descobrimos que 84% dos usuários de cupons não são fiéis a nenhum site que oferece cupom. Segundo os entrevistados, eles querem apenas o código de desconto que funcione, não importa qual site ele acesse. Nesse caso, procuramos sempre fazer curadoria dos nossos códigos para certificar de que estão funcionando. Isso é apenas uma de muitas ações que fazemos para fidelizar os consumidores.”

 

 

6. Actionpay: Onde vocês querem chegar, como Eu Amo Cupons, daqui uns anos? 

“Queremos ser a maior referência de cupons e promoções do Brasil. E estamos analisando alguns mercados estrangeiros para penetrar em breve.”

 

 

Artigo escrito pela Joyce Ribeiro. 

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
4
Março

4 razões para investir em um Marketplace

Atualmente é quase impossível buscar por alternativas de compra online e não se deparar com produtos que são expostos em lojas virtuais e em variadas plataformas de marketplace. 

 

De acordo com uma pesquisa da UPS Pulse of the Online Shopper 2019, realizada pela PwC em parceria com a UPS, só no Brasil, 95% dos consumidores que compram online realizam o ato através do marketplace e cerca de 44,1% pretendem comprar mais produtos por esse tipo de plataforma. 

 

Isso acontece graças a segurança que o marketplace proporciona a quem o utiliza, não somente porque garante o pagamento seguro e o acompanhamento da entrega, mas também por proporcionar uma experiência de compra em que o consumidor entende que encontrou o produto com as melhores condições que deseja. 

Mas afinal, o que é um marketplace?

 

O Marketplace é como um shopping virtual. Existem diversas lojas que aparecem nesse shopping que, como em uma vitrine, expõe seus produtos, ofertas e benefícios. 

 

Quem se interessa por sua loja ou por algum produto que você vende abaixo poderá realizar a compra dentro desse espaço, sendo que a plataforma escolhida poderá arcar com o custo de envio, de meio de pagamento, entre outros trâmites operacionais.

 

Esses canais costumam aplicar o modelo CPA (Custo por Aquisição), ou seja, há uma porcentagem de comissão por venda realizada. A conta só é paga após o retorno de toda essa exposição que a plataforma realiza.

Tipos de Marketplace

Para que o marketplace esteja de acordo com seus objetivos de vendas, é muito importante saber quais são seus tipos e com qual público você deseja interagir. Entenda melhor abaixo em qual campo você se encaixa! 

 

  • Marketplace B2C – Business to Consumer; Empresa para Consumidor: a empresa está na plataforma vendendo diretamente para o consumidor final. Entre os exemplos de plataformas B2C estão: Amazon, Americanas.com; 
  • Marketplace C2C – Consumer to Consumer; Consumidor para Consumidor: Possibilita a venda entre pessoas físicas, garantindo suporte, entrega e pagamento. Neste caso, os exemplos de plataformas C2C são Enjoei, Uber, OLX e Airbnb.

Razões para investir em um marketplace

1. Baixo investimento inicial

Implantar seus produtos em um marketplace é contar que sua marca está online em uma plataforma que já possui estrutura para marketing, suporte operacional e logístico, oferecendo meios de pagamento variados com garantia de segurança em todo processo. 

 

Para quem está pensando em como abrir um negócio com pouco dinheiro, essa é uma das principais razões.

 

Inicialmente você só precisará ter estoque, capital de giro e gestão para acompanhamento do processo. 

 

É como se o marketplace realizasse a parte burocrática, que costuma gastar muito na fase inicial do investimento, enquanto você administra o capital e o desenvolvimento das linhas de produtos. 

 

2. Search – Visibilidade

 

Uma vez que você opta pela afiliação com os principais marketplaces do seu nicho, a visibilidade de sua loja aumenta graças ao grande número de acessos que essas plataformas possuem. 

 

O potencial de vendas é muito alto, pois você aparecerá para quem realmente se interessa pelo segmento em que você atua!  

 

3. Relacionamento e Fidelização com seus clientes

Assim como o Marketing de Afiliados trabalha promovendo a parceria através de experiências e recomendações de parceiros, os usuários que adquiriram seu produto através do marketplace serão capazes de ampliar as experiências a outros potenciais clientes do seu nicho.

 

O marketplace possibilita que você acompanhe o desenvolvimento das vendas, as principais queixas dos clientes e o que eles esperam de você nas próximas experiências de compra. 

 

4. Receita 

Como o produto está sendo anunciado em um canal de venda sólido e conhecido pelo consumidor daquele segmento, que provavelmente chegou lá por recomendações ou por direcionamento de suas pesquisas, a chance da conclusão da compra é muito maior.

 

Os investimentos iniciais são menores, o tráfego muito maior e ainda existe a possibilidade de manter a operação no marketplace e em seu próprio e-commerce caso o utilize.

Invista e venda muito mais

O marketplace conquistou fatias do mercado que anteriormente careciam de planejamento e de entendimento, em relação ao que o consumidor estava esperando das lojas que o interessavam.

 

Desta forma, também entendemos que esta plataforma trouxe à tona que, no final, o consumidor só precisa conhecer suas opções e sentir-se seguro com sua escolha. 

 

Independente da venda ser feita entre empresas ou entre consumidores, o importante é saber como deseja se situar e se esse meio funciona para você.

 

Não perca tempo, se essas razões fazem sentido para você, comece já a investir! 

 

Conteúdo produzido por Rebecca Marques | Equipe de conteúdo do Marketing para Indústria

 

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
19
Fevereiro

A popularização do uso de cupom de desconto online no Brasil

O primeiro registro na história do uso de cupom de desconto foi em 1887 feito pela Coca Cola como ação de marketing. A ideia era imprimir em revistas um voucher onde as pessoas podiam recortá-lo e trocá-lo por um refrigerante nos stands de venda da bebida. A partir da década de 50, nos Estados Unidos, os cupons de desconto já eram oferecidos por supermercados e lojas de departamentos e metade da população já usava este benefício com frequência. 

 

Na cultura brasileira, apesar de sermos loucos por desconto, nunca tivemos o hábito de recortar cupons e trocar por produtos ou desconto em lojas físicas. Mas isso vem mudando com o surgimento dos cupons de desconto online.

 

Com o crescimento do ecommerce no Brasil, muitos varejistas online começaram a oferecer descontos através de vouchers online para atrair novos compradores e para fidelizá-los. Hoje, praticamente todos os grandes varejistas online possuem a opção de uso de cupons de desconto em suas páginas de finalização de compra. Com isso, os consumidores começaram a buscar por códigos promocionais no Google com mais frequência, o que resultou em um aumento de demanda e consequentemente sites de cupom de desconto.

 

“O uso de cupom de desconto se tornou uma estratégia eficaz para as empresas, pois a percepção do consumidor ao aplicar o cupom e conseguir visualizar o desconto gerado ao finalizar a compra gera uma satisfação maior do que oferecer o tradicional desconto no preço do produto.” – comenta Rogério Vairo, fundador da Eu Amo Cupons.

 

Somente pelo Google, são feitas cerca de 3.5 milhões de buscas todo mês com o termo 

“cupom de desconto” ou simplesmente “cupom” associado ao nome da loja. Estima-se que cerca de 9.5 milhões de brasileiros já tenham usado pelo menos uma vez um cupom de desconto online. Empresas como ifood, Rappi e Uber estão popularizando o uso de cupons no Brasil e consequentemente outras empresas se beneficiam com isso por tabela. 

 

Americanas, Submarino, Kabum, Marisa, C&A, Hering, Netshoes e Centauro são apenas algumas das milhares de empresas que usam esta estratégia para vender e fidelizar seus clientes. 

 

Mesmo que você seja um anunciante e não tenha uma margem alta para oferecer um cupom de desconto, tente utilizá-lo como um aliado para atingir algum objetivo de marketing: um cupom com um valor mínimo de compras pode ajudar a aumentar o seu ticket médio; um de frete grátis pode incentivar as pessoas de uma determinada região a comprarem; uma categoria específica pode alavancar as vendas daquele segmento e um para primeira compra pode incentivar a aquisição de novos usuários.

 

A Actionpay possui parceria com centenas de lojas online que fazem uso desta estratégia para aquisição de clientes. Marcas como Submarino, Amazon, Shoptime, Aliexpress, New Balance e muito mais. 

 

Se você tem um ecommerce ou trabalha em um e quer expandir a capacidade de vendas, o programa de afiliados é uma boa. Acesse nosso site para se cadastrar como anunciante e faça um teste conosco. O cupom de desconto é tendência de marketing há mais de um século e se você ainda não fez o teste, vale a pena tentar! 

 

Artigo escrito por Joyce Ribeiro e Rogério Vairo. 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
17
Dezembro

5 dicas para melhorar o seu instagram para vendas

Lidar com o Instagram de forma profissional e ter aquele Feed organizado é o desejo de muitos. Por isso, aqui nesse post, será mostrado 5 (cinco) dicas de como aprimorar o seu Instagram e consequentemente aumentar o seu faturamento!

  
1- Faça do seu Instagram uma verdadeira revista/Vitrine eletrônica.

Pense e planeje o seu feed antes de postar as fotos. Deste modo, ficará organizado e harmônico para o usuário visitar e conferir as novidades.

2- Um bom nome de usuário é essencial, algo que facilite que a sua marca seja encontrada.

É recomendado utilizar o nome da loja/marca ou nome do seu produto/serviço específico (Caso esteja em uso, deve ser utilizado algum caractere especial, como por exemplo, underline, traços e entre outros.)

3- Stories é a forma mais fácil do público se conectar com a sua empresa.

Mostre a sua rotina! Claro, caso isso combine com a imagem e o conceito que a empresa/marca deseja passar para seu público alvo.

4- Use Hastags e aumente seu engajamento.

Hashtags, como dito na postagem “Como gerar mais resultados no Instagram?”, são muito importantes quando falamos do assunto engajamento. Elas ajudam sua postagem ser encontradas pelo seu público e também por novas usuários.

5 – Fique de olho na DM (Direct Messenger) e nos comentários feitos em seus posts.

A inteiração com o público é um diferencial, quase obrigatório, se você deseja vender mais. Quando os seguidores veem que a empresa/marca se relaciona com eles as chances de converter isso em vendas, é alta.

 

Artigo escrito por Daniel Mesquita

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
28
Novembro

CONFIRA NOSSO BLOG E PREPARE-SE PARA A BLACK FRIDAY!

Confira nosso blog e prepara-se para a Black Friday na Actionpay!

Manuais e respostas principais:
Passo a passo de como criar seu link personalizado para divulgar campanhas.

Como solicitar seu pagamento na Actionpay?

Por que ser afiliado da Actionpay?

10 dicas para fazer sucesso com o marketing de afiliados

Primeiros passos para faturar com o Marketing de Afiliados

 

Dicas por tipo de trafego:

Como gerar mais resultados no instagram?

Como Usar o Whatsapp para Vendas?

Estratégias para vender mais com Email Marketing.

7 dicas para afiliados usarem Facebook Ads

Como encontrar o público certo para um conteúdo e promover um anunciante

 

Artigo escrito por Alexander Lozinov

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
1 2 3 5