15
Fevereiro

Benefícios do CRM para o Marketing Empresarial


O marketing empresarial vai muito além de práticas para vender seus produtos. É muito mais sobre criar uma imagem da marca, uma referência de mercado, onde as pessoas reconhecem a empresa pelo valor que ela agrega. E o CRM pode facilitar ainda mais a execução da sua estratégia.

Ele te ajuda a conhecer seu público

Saber quem atendemos é importante para definir quais as estratégias que serão usadas para encantar o nosso cliente. Além de claro, saber suas reais necessidades e criar um produto ou serviço que realmente faça a diferença. O CRM não é apenas um lugar onde temos as informações básicas dos nossos clientes em uma grande base. Ele tem muito mais potencial que isso. Para definir personas a fim de construir conteúdos e produtos de valor, não basta apenas as informações como nome, endereço, idade, sexo, gênero e outras coisas. Mas também preferências, costumes, estilo de vida, etc. Essas informações podem ser coletadas e analisadas de maneira macro através do seu CRM. A partir daí, fica muito mais fácil reconhecer o público-alvo que tem interesse e uma forte tendência a se tornar fã da sua marca.

 

Colabora para a integração de dados

Como sabemos, para tomar boas decisões nos dias de hoje, onde tudo é volátil, incerto, complexo e ambíguo, é preciso ter o respaldo dos dados. De preferência, de uma fonte confiável. Ter um CRM que se conecte com outras ferramentas gerando informação qualificada é super relevante para construir uma estratégia com ações práticas que de fato causem um impacto na ponta. Por exemplo, no caso do WhatsApp, sendo uma ferramenta de comunicação, pode ter informações vinculadas diretamente ao CRM, nutrindo com dados valiosos e minuciosos.

 

Conhecimento de ponta a ponta

Marketing empresarial, como dito no início deste artigo, é para que as pessoas reconheçam sua empresa com um diferencial de mercado. Sua marca precisa ser relevante. Para isso, é importante saber toda a jornada do seu cliente e assim ter a melhoria contínua do processo, ajustando o que não gera uma boa experiência e elevando os níveis de excelência. Através do CRM, você pode ter essa visão micro e macro, aplicando uma análise humana baseada em dados confiáveis em prol do consumidor. Afinal, cliente no centro é sempre garantia de entrega com valor.

 

Ele pode te ajudar a ter um atendimento de excelência

E por falar em excelência, sabemos que o encantamento começa pela experiência inicial da pessoa interessada pelo seu produto/serviço, sem uma interferência humana a princípio. Tudo precisa ser fácil e intuitivo. Mas caso alguma coisa não saia como o esperado, é importante ter um time preparado de linha de frente. O CRM, por conter a funcionalidade de registrar toda e qualquer troca com o cliente, permite que haja um alinhamento do que foi dito e que esteja  na mesma linguagem, fortalecendo ainda mais a cultura da sua marca da porta da fora. Essa experiência, sendo boa ou ruim, pode gerar uma visibilidade significativa, colocando na vitrine a maneira como sua empresa atua. Por isso, é importante ter o CRM como um grande aliado, algo que estará transitando informações que ficará ao acesso de todos da equipe.

 

Se você gostou deste artigo, conheça também os 7 benefícios do marketing  para a sua empresa fazer a diferença no mercado.

 

Texto Por Blog AmoCRM

afiliado — Sem comentários
Ler mais
10
Dezembro

Aprenda como Converter Leads em Clientes para a sua Empresa

Quem conhece um pouco de marketing digital provavelmente já ouviu falar do lead. Esse conceito está ligado à clientes em potencial, ou seja, aquelas pessoas que entram em contato de alguma forma com a sua empresa e demonstram grandes chances de fechar negócio.

 

No entanto, é importante ressaltar que eles não viram clientes apenas com boas promoções e condições de pagamento diferenciadas. Para convertê-los  é necessário criar estratégias e contar com algumas  ferramentas e técnicas específicas para essa finalidade.

 

Acompanhe o artigo para entender como as pessoas agem durante o processo de compra e aprender como torná-las clientes.

O que é um lead? 

De forma geral, o lead é uma pessoa que demonstrou interesse na sua marca em algum momento. Ao fazer comentários ou perguntas no Instagram, baixar um ebook ou até mesmo preencher formulários a pessoa se torna um cliente em potencial e uma oportunidade de negócio.

 

Vale ressaltar que lead não é sinônimo de cliente. Só porque uma pessoa interagiu com a sua empresa não quer dizer que ela realmente vai fechar negócio com você. Para que ela se torne parte da sua clientela é necessário guiá-la pela jornada de compra.

 

Imagine, por exemplo, que você é um despachante PCD. Como parte da estratégia de marketing, sua empresa tem um blog na internet para publicar assuntos do mundo burácrito e disponibilizar ebooks sobre o assunto.

Entre os ebooks está um material sobre desconto PCD. Para ter acesso a esse material o visitante do seu blog precisa preencher um formulário com algumas informações como e-mail, telefone e nome.

 

A partir daí ele já se tornou um lead, pois demonstrou interesse nos seus serviços e forneceu algumas informações pessoais por vontade própria.

 

É por esse motivo também que é perigoso comprar comentários para as redes sociais e para o site. Se por um lado esse tipo de comentário ajuda a construir quase instantaneamente a imagem da empresa e atrair mais pessoas, por outro eles não representam leads de verdade.

 

Sendo assim, invista em outras formas de chamar as pessoas para suas redes e estude como ganhar seguidores no facebook e instagram, por exemplo, para que as interações entre você e possíveis clientes seja o mais natural e orgânica possível.

Mas afinal, como converter os leads?

Quando falamos da jornada de compra também estamos falando do funil de vendas. Esse conceito do marketing e vendas determina que antes de efetivamente decidir comprar um produto ou contratar um serviço o consumidor passa por um processo.

 

Esse processo acontece dentro do funil de vendas e passa pelos estágios de aprendizado, descoberta, reconhecimento, consideração e decisão. 

 

No processo do funil o número de pessoas com real interesse em fechar negócio vai se afunilando conforme elas avançam pelas etapas. Cabe a empresa guiá-las pelo funil e filtrar até que elas se tornem clientes.

 

A conversão de leads, por sua vez, faz parte do fundo do funil, ou seja, da etapa de consideração e decisão. 

Estratégias para a conversão

Agora que você já conheceu um pouco sobre o conceito de funil de vendas e em qual etapa está a conversão de leads, chegou a hora de saber quais estratégias  podem ajudar a tornar os leads em clientes.

 

Acompanhe algumas dicas! 

Copywriting 

Para que a conversão aconteça, o lead precisa ser sentir atraído pela empresa e pelo que ela está oferecendo. Isso quer dizer que ele precisa ser persuadido a escolher a empresa em questão para suprir sua necessidade.

 

Para isso, é necessário persuadi-lo, por meio de e-mails, redes sociais, blogs, landing pages e outros meios, a realizar ações – desde preencher formulários até executar a compra. 

 

Esses meios devem vir acompanhados de textos de boa qualidade que fomentem a tomada de decisões. Tais texto serão escritos com base no Copywriting. 

 

O Copywriting é uma técnica de escrita persuasiva que explora gatilhos mentais para induzir o lead a avançar pelo funil de vendas e realizar ações.

 

Exemplo

Para explicar melhor, vamos a um exemplo prático:

Digamos que você tem uma empresa de reforma especializada em obras de grande porte. 

 

Para chegar ao seu público usando o Copywriting nos seus materiais de marketing você poderá explorar o gatilho mental da autoridade. Por meio de textos para blogs e redes sociais, por exemplo, é possível demonstrar toda a sua expertise na área e atrair mais clientes. 

 

Um exemplo de Copy aplicado no gatilho de autoridade é o seguinte título:

 

A (nome da empresa) tem 15 anos no mercado e mais de 100 clientes satisfeitos. Confira nossos projetos e ache a solução ideal para o seu imóvel!

 

 CTA (call to action)

O CTA é uma das principais ferramentas que fazem parte do Copywriting. Ele é utilizado para chamar a atenção do público e é essencial para convencê-los a realizar as ações citadas anteriormente.

 

Ele pode ser empregado no formato de links que direcionam os visitantes para outras páginas – sejam elas de formulários, videos, compra, etc –  ou na forma de expressões como “saiba mais” ou “entre aqui”.

 

Sendo assim, o CTA atrai as pessoas por meio da chamada,  as transforma em leads e os leads em clientes. 

Fluxo de nutrição

Depois de produzir conteúdos usando Copywriting e guiar os leads pela jornada de compra por meio dos CTAs chegou a hora de fazê-los virarem clientes.

 

Isso quer dizer fortalecer a relação entre a sua empresa e o lead para que eles continuem lembrando da sua existência.

 

Nessa etapa os leads já foram qualificados e sinalizados como clientes em potencial. No entanto, eles ainda não estão prontos para fechar negócio. 

 

Para garantir que eles continuem considerando a sua empresa como opção de compra é preciso fazer-se presente a todo momento. Assim, você irá enviar uma série de e-mails, de maneira automatizada, seguindo os interesses de cada pessoa e o estágio do funil. 

 

A partir disso o lead continuará lembrando de você ao longo da jornada de compra, tornando mais fácil que você e a sua empresa sejam os escolhidos no momento da decisão.

Invista na conversão de leads

A partir desse conteúdo você aprendeu sobre a importância dos leads para a sua empresa e como eles podem ser convertidos em clientes.

 

Tenha em mente que novas ferramentas de tratamento de leads surgem a todo momento. Por isso, continue estudando e fique de olho em novas estratégias para fazer do seu negócio um sucesso!

 

Conteúdo produzido por Business Connection

afiliado — Sem comentários
Ler mais
18
Novembro

5 dicas valiosas para comprar barato na Black Friday

Para quem faz questão de pagar barato, a Black Friday é o momento mais esperado do ano. É nesse dia que as lojas fazem grandes promoções, trazendo ótimas oportunidades de compra. Nesse ano, o evento acontecerá oficialmente no dia 27 de Novembro, mas alguns estabelecimentos costumam antecipar as ofertas. Pensando nisso, nós da Actionpay Brasil, separamos algumas dicas pra você, assinante O Globo, aproveitar os descontos da melhor forma possível.

 

Sites de cupom:

 

Uma ótima maneira de pagar ainda menos em lojas online, é utilizando sites de cupom. Neles, você encontra uma grande diversidade de cupons de desconto para aplicar no carrinho das lojas, assim, aquele produto que você já ia comprar com um super desconto na Black Friday, pode ficar ainda mais barato. Os sites Cuponomia, AgoraCupom, PegaDesconto e Méliuz são excelentes opções para pôr essa dica em prática. É só acessar, buscar pelo nome da loja onde você quer comprar e encontrar o cupom que melhor atende às suas necessidades.

 

Clubes de descontos

 

Os assinantes de clubes de descontos já saem na vantagem no assunto pagar barato durante o ano todo. Com o Clube O Globo, por exemplo, você consegue descontos de até 50% em mais de 500 parceiros. Na Black Friday, esses descontos são ainda melhores, então é válido ficar de olho nas novas promoções durante esse período.

 

Sites/Grupos de Promoção

 

Os sites e grupos de promoção reúnem em um só lugar algumas das melhores ofertas da internet. Os sites, como Pelando e Promobit funcionam como uma rede social de descontos, onde os usuários encontram produtos com bom preço e divulgam na plataforma.  Já os grupos de promoção, funcionam basicamente da mesma maneira, mas se dão através de páginas do Facebook e grupos de Whatsapp e telegram, por exemplo.

 

Sites de Cashback

 

Alguns sites permitem que você receba de volta parte do valor pago nas compras em lojas online. A porcentagem desse cashback pode variar para cada site, mas sempre vale a pena receber um dinheiro de volta. Aproveitando essa dica, você consegue fazer uma boa economia, e quem sabe, utilizar esse cashback para fazer novas compras futuramente. Para isso, sugerimos o Cuponomia e Méliuz.

 

Rede de Afiliados

 

Você sabia que, além de pagar barato, você também pode ganhar dinheiro com a Black Friday!? É possível lucrar indicando promoções para outras pessoas através de uma rede de afiliados, e a Actionpay é uma excelente opção para isso! Na nossa plataforma estão disponíveis diversas campanhas e promoções, que você pode divulgar e receber uma porcentagem do valor do produto a cada venda. É simples assim! Você se cadastra, escolhe a promoção que quer divulgar, pega o link especial na plataforma e divulga. Pode ser para um familiar, um amigo, ou até mesmo nas redes sociais. Assim que alguém comprar com o seu link, uma parte do valor da venda é atribuído a você.

Além disso, a plataforma da Actionpay é mais uma opção para utilizar como cashback, já que você pode comprar no seu próprio link especial e receber por isso.

 

A nossa dica é que você alie todas essas estratégias, somando os benefícios de cada uma delas. Assim, você conseguirá pagar sempre os menores preços nas melhores ofertas. Além disso, é bom lembrar que que além de utilizar na black friday, essas dicas são pra vida! Aplique-as em seu cotidiano e você pode ter certeza que sempre fará um ótimo negócio. Boas compras!

Texto por: Larissa Barreto

afiliado — Sem comentários
Ler mais
28
Outubro

GUIA PARA INICIANTES!! Por Tiago Miarelli.


 

Você quer sair da vida de empregado CLT das 9 às 5?

E se você pudesse ganhar dinheiro em qualquer lugar, a qualquer hora, e sem as despesas gerais e a responsabilidade de estocar e enviar produtos?

Isso é o que o marketing de afiliados permite que você faça.

O que é marketing de afiliados?

O marketing de afiliados é o processo pelo qual você ganha uma comissão por promover os produtos de outras pessoas. Você encontra um produto de que gosta, promove o produto em seu site e recebe uma comissão por cada venda que gerar.

Como funciona o marketing de afiliados em quatro etapas

  1. primeiro se afilie a um programa de afiliados
  2. Escolha um anunciante que produz os produtos que deseja promover e receba um link de afiliado personalizado com seu ID
  3. Compartilhe o link de afiliado em seu site ou nas redes sociais
  4.  Quando alguém clica no seu link e compra o produto, então você recebe uma comissão pela venda

Os diferentes tipos de sites afiliados

Existem tipos de sites afiliados como falamos no nosso artigo sobre tipos de sites afiliados e muitas maneiras diferentes de ganhar dinheiro promovendo produtos e serviços de várias marcas que todos conhecem e compram 24 horas por dia.

Criar seu próprio site é uma excelente opção. Você não precisa fazer um investimento significativo para começar, e com tantos temas WordPress e construtores de sites por aí, não requer programação extensa e experiência em web design.

Seu trabalho como afiliado é ajudar as pessoas a encontrar os produtos que irão ajudá-las a superar problemas, atingir seus objetivos e que ofereçam a melhor relação custo-benefício.

Quanto dinheiro você realmente pode ganhar como afiliado?

Contanto que você mantenha um fluxo consistente de tráfego para seu site e divulgações de links de afiliados, você pode ter uma renda considerável com o marketing de afiliados. Um dos principais benefícios é que, uma vez classificado nos resultados do mecanismo de pesquisa (SEO) e atraindo tráfego orgânico, você pode continuar a ganhar dinheiro por meses e até anos após a publicação original de seu conteúdo. Enquanto algumas pessoas complementam sua renda existente, muitos afiliados trabalham em tempo integral depois de construir seu site e geram fluxos significativos de renda passiva como afiliado.

Os benefícios de se tornar um afiliado

Custos iniciais baixos

Em comparação com outras ideias de negócios, a barreira de entrada para o marketing de afiliados é pequena. Você não precisa conhecer outras pessoas neste ramo para entrar no mercado, não precisa ter um diploma universitário e não precisa fazer nenhum investimento significativo para começar. Você começar com um site ou até mesmo com suas redes sociais

Tudo que você precisa é de um computador, uma conexão com a Internet e um lugar para trabalhar. Você nem precisa parar de trabalhar. Você pode trabalhar afiliado como um trabalho de renda extra nos primeiros meses e trabalhar em tempo integral depois de aumentar seus ganhos com comissões de vendas de afiliado.

Ser seu próprio patrão

Faça do mundo seu escritório. A flexibilidade de ser um  afiliado significa que você pode trabalhar em qualquer lugar com uma conexão à Internet. Você pode trabalhar na praia, no escritório ou no sofá de casa. Você decide quando e onde quer trabalhar.

Ganhe dinheiro enquanto dorme

Depois de construir seus fluxos de receita passiva como afiliado, você pode literalmente ganhar dinheiro enquanto dorme. Um conteúdo sólido com boa classificação nos mecanismos de pesquisa pode gerar vendas e comissões por muitos anos. Imagine sair para um fim de semana relaxante e abrir seu laptop na manhã de segunda-feira para descobrir que você fez várias vendas e comissões.

Amplie seus negócios

A escalabilidade do marketing de afiliados significa que você pode expandir seus negócios enquanto mantém baixas as despesas gerais. Você não precisa de um escritório fixo, não precisa de um depósito para armazenar produtos e não precisa de nenhuma equipe para gerenciar o suporte ao cliente.

Você pode moldar sua carreira de afiliado exatamente como deseja. Se você está sendo pago para falar sobre tópicos nos quais tem interesse e revisar produtos que usa vivendo uma vida com a qual a maioria das pessoas só pode sonhar

 

Como começar com o marketing de afiliados: um guia passo a passo

  • Etapa 1: Escolha o seu nicho
    O primeiro passo para ganhar dinheiro como afiliado é escolher um nicho. Seu nicho determinará do que trata seu site e os tipos de produtos que você promoverá. Você não precisa ser um especialista no assunto, mas precisa achá-lo interessante se quiser escrever sobre ele e não ficar sem idéias de conteúdo ou perder o interesse

 

  • Etapa 2: Faça um Plano
    Antes de se precipitar e correr o risco de ficar exausto, reserve um tempo para fazer um plano. Embora um negócio como afiliado não exija um investimento financeiro substancial, você irá investir um recurso valioso: seu tempo.

Os afiliados começam a trabalhar em tempo parcial e aumenta seus fluxos de renda passiva antes de se tornarem afiliados em tempo integral. Se você pretende equilibrar seu trabalho atual com sua nova carreira de afiliado, é uma boa idéia criar um planejamento para maximizar sua produtividade.

Reserve um tempo para pesquisa de palavras-chave, criação de conteúdo e promoção de conteúdo. Você precisará saber quantas postagens pode escrever por semana e criar um calendário de publicação para garantir que você sempre tenha novas ideias de conteúdo prontas

 

  • Etapa 3: Crie seu site
    A próxima etapa é construir seu site. Existem muitos construtores de sites amigáveis ​​para iniciantes por aí, tornando mais fácil para um iniciante sem experiência em criação de sites
  • Etapa 4: pesquisar produtos afiliados
    Para ganhar dinheiro como um afiliado, você precisa encontrar produtos que sejam lucrativos, relevantes para o seu nicho e interessantes para o seu público. Você precisa ser rigoroso com o que deseja promover. Só porque você gosta de um produto, não significa que seu público vai gostar

Tenha em mente as necessidades do seu público ao escolher os produtos. Quanto mais relevante for o produto para o seu nicho, maior será a probabilidade de as pessoas realizarem conversões e mais dinheiro você ganhará

Confira a próxima seção para obter mais conselhos sobre como escolher produtos afiliados para promover.

  • Etapa 5: direcione o tráfego para seus links afiliados
    Depois de criar seu site e encontrar produtos relevantes para promover, você precisa direcionar o tráfego para seus links de afiliados. Existem muitas técnicas diferentes que você pode usar para direcionar o tráfego, mas todas podem ser divididas em duas seções; tráfego pago e tráfego livre.

O tráfego pago é proveniente de anúncios nos resultados de pesquisa, nas redes sociais e em qualquer outro lugar onde você pague para exibir seu anúncio. O tráfego gratuito é gerado principalmente a partir da classificação nos resultados da pesquisa orgânica. Contanto que você crie conteúdo de qualidade, promova ótimos produtos e direcione tráfego de alta qualidade para seus links de afiliados, você fará vendas e ganhará comissão.

Encontrar produtos / programas afiliados para promover

O que são redes de afiliados?

Redes de afiliados atuam como intermediários entre afiliados e anunciantes. Os afiliados podem se inscrever na rede de afiliados e encontrar facilmente programas afiliados para ingressar, enquanto os anunciantes podem expandir seu alcance e atrair novos clientes, colocando seus programas de afiliados na rede e recrutando afiliados para promover seus produtos

Seja qual for o nicho que você está almejando, você sempre encontrará produtos para promover nas redes de afiliados.

Você pode encontrar programas de afiliados para cada tipo de produto que imaginar, mas precisa ser seletivo quanto aos produtos que deseja promover. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a restringir suas opções e construir seu negócio de afiliados em bases sólidas.

Comece com uma rede de afiliados amigável para iniciantes como a Actionpay.

A maneira mais fácil de encontrar produtos afiliados é inscrever-se em uma rede de afiliados. A ActionPay é uma rede de afiliados popular com milhares de produtos de diversos anunciantes.

 

Fique dentro do seu nicho

Se você tem um site sobre pesca, tentar promover equipamentos de golfe para seu público não vai funcionar. A chave para o sucesso do marketing de afiliados é adequar suas ofertas de afiliados ao seu público. Se o seu público vem ao seu site para ouvir sobre pesca, eles não querem ouvir sobre produtos de golfe. Escolha produtos nos quais seu público terá interesse.

Escolha de programas afiliados: produtos físicos x  infoprodutos

A próxima etapa é decidir que tipo de produto promover

A Actionpay tem vários anunciantes oferecem produtos em todos os nichos que você possa imaginar e é fácil de ingressar.

 

Determinando se um produto afiliado é lucrativo

Antes de dedicar tempo e esforço para promover um produto, você deve ter certeza de que há uma demanda. Seu público terá interesse no produto e ainda haverá interesse de 6 a 12 meses?

O Google Trends é uma ótima ferramenta gratuita para analisar a demanda por produtos afiliados. Você pode ver o volume de pesquisa atual e o histórico do volume de pesquisa. Por exemplo, se você iniciou um site no nicho de animais de estimação, você pode usar o Google Trends para determinar o interesse em produtos potenciais da filial. O termo de pesquisa “shampoo para cães” recebeu um volume de pesquisa significativo, que aumentou com o tempo

Essa é uma forte indicação de que existe um mercado crescente para esse produto e que seu público de entusiastas de animais de estimação estaria interessado no produto

Dicas e estratégias de marketing de afiliados

Quaisquer que sejam os produtos que você escolher para promover, você só pode ganhar dinheiro se construir um público-alvo e convencê-lo a agir. Para ajudá-lo a fazer sua primeira venda, aqui estão 5 dicas para dar o pontapé inicial em sua carreira de afiliado.

Conheça o seu público
Quanto mais você souber sobre o seu público, melhor saberá quais produtos eles acharão atraentes. Que problemas eles estão tentando resolver? Que objetivos eles estão tentando alcançar?

Certifique-se de que os produtos que você promove oferecem uma solução ou ajudam seu público a atingir seus objetivos. Escolha promover um produto apenas se for relevante para o seu público. Quanto mais relevante for o produto, maior será a probabilidade de o público fazer uma compra e mais dinheiro você ganhará

 

Ganhar confiança
A Internet já existe há muito tempo e as pessoas estão cada vez melhores no julgamento da confiabilidade dos sites. Eles podem localizar um link de afiliado e saber se você está promovendo um produto com fins puramente lucrativos. A confiança é difícil de ganhar e muito fácil de perder.

Você deseja construir uma reputação como fonte de informações valiosas em seu nicho. É o retorno do público que irá gerar a maior parte de sua receita como afiliado. Você precisa construir um relacionamento duradouro com seu público, compartilhando suas opiniões e recomendações honestas

Se o seu público não achar que você é genuíno, eles não confiarão em suas recomendações e não voltarão ao seu site. Concentre-se em promover produtos e serviços nos quais você acredita, que ofereçam valor e que seu público considere úteis.

 

Ajude seu público
Pense em seus links de afiliados como um recurso extra para ajudar seu público. Forneça valor ao seu público, tornando seu conteúdo um recurso confiável. Quando você faz isso, clicar em seus links afiliados se torna o próximo passo lógico para seu público.

Invista seu tempo na criação de conteúdo detalhado que ajude as pessoas a resolver seus problemas e atingir seus objetivos e use seus links afiliados para indicar às pessoas o que fazer a seguir. Se você criar um recurso valioso que ajude as pessoas, será recompensado com uma comissão de afiliado. Se você apressar seu conteúdo e tentar enfiar em produtos irrelevantes, seus visitantes abandonarão seu site.

 

Avalie seus resultados
Para melhorar como um afiliado e expandir seus negócios, você precisa entender o que está funcionando e o que precisa melhorar. A beleza do marketing de afiliados é que você pode acessar muitos comentários e dados sobre as atividades como afiliado. Ao medir seu desempenho, você pode identificar quais produtos são mais atraentes para seu público, que tipo de conteúdo atrai mais tráfego e o que você precisa fazer para gerar mais cliques, vendas e comissão.

 

Seja paciente
Embora algumas pessoas tenham obtido sucesso imediato no marketing de afiliados, para a maioria dos iniciantes é um processo constante. Você pode começar rapidamente criando seu site e publicando conteúdo. Mas, em sua essência, o marketing de afiliados trata de construir relacionamentos. Quando você constrói uma reputação em seu nicho e as pessoas começam a confiar em suas recomendações, você ganha mais tração e gera mais vendas. Se você oferecer mais valor ao seu público do que eles podem encontrar em outro lugar, você receberá atenção e ganhará dinheiro.

 

Marketing de Afiliados vale a pena?

O marketing de afiliados é a maneira mais fácil de ganhar dinheiro online. Você não precisa se preocupar com armazenamento e envio de produtos, você pode trabalhar em qualquer lugar e pode ser seu próprio patrão. Mas é importante lembrar que o marketing de afiliados é baseado no desempenho. O esforço você está disposto a investir está diretamente relacionado ao que você vai realizar. Se você trabalhar duro e se dedicar à sua nova carreira como afiliado, logo ganhará sua primeira comissão e começará a expandir seus negócios como um verdadeiro afiliado profissional

 

 

Por: Tiago Miarelli

afiliado — Sem comentários
Ler mais
14
Outubro

COMO FAZER SUA PRIMEIRA VENDA

Fazer a primeira venda trabalhando com marketing de afiliados é o sonho de todas as pessoas que são iniciantes no mercado. Mas, para que essa venda aconteça, primeiro você precisa aprender algumas coisas para não se frustrar rapidamente. Para ter sucesso no marketing de afiliados , há uma série de fases de aprendizado que você deve realizar antes de conseguir as primeiras comissões como afiliado. A boa notícia é que, se você está determinado a aprender e trabalhar seriamente como afiliados e se está disposto a investir tempo e esforço, já está no caminho certo para o sucesso no marketing de afiliados.

Então, o que você precisa fazer para começar?

 

Etapas para fazer sua primeira comissão como afiliado

Dividimos o processo em 7 etapas para iniciantes no marketing de afiliados. Seguir este guia colocará você no caminho certo e fará com que você ganhe sua primeira comissão rapidamente.

 

  1. Escolha um nicho

Antes mesmo de começar a construir seu primeiro site afiliado como falamos anteriormente no artigo tipos de sites afiliados, você precisará decidir qual nicho terá como alvo. Se você ainda não sabe qual é o seu nicho, aqui estão alguns conselhos que podem ser úteis

Algumas perguntas-chave a se perguntar ao determinar seu nicho são:

 

  • Por quais assuntos eu sou apaixonado?

É muito mais fácil trabalhar em um nicho se você gostar dele. Por exemplo, se você gosta de maquiagem, seu nicho de escolha também pode estar relacionado à maquiagem

  • Existe dinheiro neste nicho?

Embora seguir o que você gosta seja definitivamente a opção recomendada, às vezes nem sempre a possibilidade de ganhar dinheiro em um nicho é possível. Pesquise antes de se dedicar ao nicho que você gosta e veja se vale a pena investir  nisso

 

  • Sobre qual tópico eu poderia escrever artigos todos os dias?

O assunto escolhido deve ter profundidade suficiente para que você possa criar muito conteúdo para ele. Isso é importante para a construção de um site, para otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) e, o mais importante, para o usuário final. Se você não tiver conteúdo suficiente sobre um tópico, não será levado muito a sério como uma autoridade no assunto e é improvável que consiga convencer alguém a fazer uma compra com você. Você também pode atuar em redes sociais caso não tenha um site ainda. Um ótimo exemplo de um afiliado com um assunto para o qual você teria um estoque infinito de idéias de conteúdo é o perfil no instagram do @lavadorasderoupas_oficial 

 

  • Existe muita concorrência no nicho escolhido?

Existem vários nichos lucrativos que também são muito populares entre os afiliados (por exemplo, emagrecimento). Antes de embarcar em um nicho extremamente popular, verifique se há muita concorrência. Ou seja – você será capaz de ganhar dinheiro e competir com outros afiliados mais antigos no mercado? Se não, continue procurando

 

  • Existe interesse/demanda suficiente por produtos neste nicho?

O nicho que você escolher pode atrair bastante interesse do seu público quando se trata de ler e adquirir conhecimento, mas eles também estão dispostos a comprar os produtos pertinentes á este nicho? Sem o interesse do consumidor nos produtos, seu nicho não vai render muito dinheiro.

 

  • Existem programas de afiliados disponíveis neste nicho?

Este é obviamente um fator crucial a considerar. Você pode ter uma idéia para um nicho sobre o qual sabe muito, mas existem programas de afiliados para esse nicho? Sem programa de afiliados = sem vendas. É hora de procurar um nicho diferente.

 

  1. Pesquisa de Programas afiliados

Depois de decidir sobre um nicho, é hora de descobrir o que existe em termos de programas e produtos a serem promovidos. Você provavelmente já pesquisou um pouco sobre isso enquanto pesquisava seu nicho – agora você precisa se aprofundar.

A escolha de um programa de afiliados exigirá algum trabalho, mas não tenha medo de investir um tempo nisso, porque é, obviamente, de onde virá sua renda. A escolha do programa certo fará com que valha a pena!

Ao escolher um programa de afiliados, mantenha estes pontos-chave em mente:

  • Que tipo de anunciante tem um programa de afiliados ou faz parte de uma rede de afiliados? 

Verifique se os principais anunciantes do seu nicho, tem programas de afiliados e/ou estão em redes de afiliados como na ActionPay.

 

  • Quanto de comissão você provavelmente ganhará com os produtos?

Certifique-se de se inscrever em programas que sejam lucrativos e gerem um retorno do investimento suficiente. Algumas dicas:

  • Se cadastrar na ActionPay
  • Para programas de CPA (custo por ação), os produtos não devem ser excessivamente restritivos na forma como você pode promovê-los, seja por site ou redes sociais
  • Você quer se associar seu nome aos produtos e serviços?

Os produtos e serviços que você promoverá para seu público-alvo devem ser relevantes e de boa qualidade. Certifique-se de acreditar neles e saber tudo sobre eles, porque isso será crucial para você entregar o argumento de venda ao seu público. Você precisa construir a confiança de seu público, então certifique-se de que os produtos e serviços que você escolhe para promover são confiáveis ​​o suficiente para que você confie neles, escreva e divulgue eles ao seu público, seja por sites ou por redes sociais.

 

  • Que tipo de suporte o programa oferece?

Certifique-se de verificar o tipo de suporte ao afiliado que você pode esperar de seu programa de afiliados depois de se inscrever. Faça sua pesquisa online e, se possível, converse com outros afiliados que estão divulgando o mesmo programa para obter suas opiniões. Você pode falar com alguém por telefone ou Skype ou tem que esperar 72 horas pelas respostas por e-mail? Seja claro sobre isso porque, acredite em mim, você precisará de suporte em um ponto ou outro.

 

  1. Construir um site

As etapas 1 e 2 tratam de pesquisar e descobrir o que é possível e lucrativo. Agora é hora de começar a colocar sua pesquisa em ação

Supondo que você ainda não tenha um site afiliado construído, esta será a próxima etapa. Felizmente, construir um site não é tão complicado ou trabalhoso como era no passado

Se você é um novato na construção de sites, a maneira mais fácil de configurar um site é usando o WordPress . O WordPress CMS é muito fácil de usar e você não vai precisar de nenhum conhecimento técnico para configurar seu site.

 

Você precisa seguir algumas etapas para ter seu site instalado e funcionando:

  • Compre um domínio

Seu domínio é o endereço do seu site (por exemplo, www.meusiteafiliado.com.br), então essa é a primeira coisa que você precisa fazer ao configurar o seu site. Considerando que existem milhões de sites na internet, é possível que o nome de domínio que você deseja já tenha sido usado por outra pessoa. Portanto, certifique-se de ter várias opções em mente

Existem vários lugares onde você pode comprar um domínio como por exemplo opções conhecidas são: GoDaddyRegistro.br 

 

  • Adquira e configure hospedagem

Se o seu domínio for o seu endereço, a hospedagem é como a casa real na qual o seu site ficará. É o seu pequeno pedaço da Internet – o lugar onde ficam todos os arquivos do seu site. A hospedagem é muito acessível hoje em dia, então não economize desnecessariamente nos custos. Procure uma hospedagem confiável, pois seu negócio como afiliado depende dele

Alguns provedores de hospedagem acessíveis e confiáveis ​​que recomendamos são  GoDaddy , HostGator 

 

  • Instale o WordPress

Assim que sua hospedagem estiver configurada, você precisará instalar um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) para o seu site. Recomendamos o WordPress porque é fácil de usar e um iniciante. Você pode descobrir rapidamente como ele funciona na internet, existem muitos tutoriais de como usar o wordpress na internet. A maioria dos bons provedores de hospedagem terá uma opção de instalação com um clique para WordPress, o que significa que levará apenas alguns minutos e você terá o WordPress instalado em seu site

  • Instale o seu tema

Um tema WordPress fornece todo o estilo de um site que você (e seu público) veem no front end. O tema é o layout do seu site em outras palavras. Existem milhares de temas disponíveis pagos e gratuitos, portanto, escolher um pode parecer difícil no início. Nosso conselho: escolha algo simples e fácil de personalizar. Você sempre pode alterá-lo mais tarde.

  • Crie conteúdo

Finalmente, quando seu site estiver pronto, é hora de criar conteúdo para ele. O conteúdo que você cria deve ser relevante para o seu nicho, mas também interessante e envolvente o suficiente para manter seu público sempre presente. Você também deve garantir que o conteúdo do site seja amigável aos mecanismos de pesquisa (SEO)

 

  1. Produza Conteúdo Excelente

Agora que seu site está configurado e você ingressou em um programa de afiliados, você está pronto para começar a parte mais demorada (mas potencialmente recompensadora) do negócio de afiliados: a produção de conteúdo. É aqui que a frase usada em demasia, mas mais verdadeira do que nunca, “o conteúdo é o rei” entra em cena.

Seu objetivo para o seu site será fazer ele ser reconhecido como um site de autoridade em seu nicho, e a principal maneira de fazer isso é produzir consistentemente conteúdo exclusivo e de alta qualidade

Isso pode consistir em:

 

  • Reviews e avaliação de produtos

O modelo do seu site afiliado pode ser baseado em comentários sobre diferentes produtos ou serviços. Este é um modelo comum e, se bem executado, pode ser muito útil para gerar receita de afiliados

  • Postagens de blog que abordam problemas comuns ou questões relevantes para o seu mercado-alvo

A criação de conteúdo de blog é uma forma muito útil e eficaz de criar conteúdo de maneira consistente em um site. Ao criar postagens em um blog, é uma boa idéia fazer uma pesquisa de palavra-chave para descobrir em que seu público está interessado e pesquisando online. Além disso, pesquise concorrentes, fóruns e mídias sociais para produzir os tópicos do seu blog

  • Conteúdo perene

Se você estiver construindo um site com potencial para informações que nunca envelhecerão e permanecerão úteis para seu público, terá a oportunidade de criar o que é conhecido como conteúdo perene. É importante realizar uma extensa pesquisa de palavras-chave antes de planejar qualquer conteúdo perene para um site como este, pois seu site pode se beneficiar enormemente com o uso adequado de palavras-chave nesse conteúdo (SEO)

  • Iscas digitais

Oferecer iscas digitais, como um e-book, uma série de e-mail ou um minicurso, é uma tática popular que muitos afiliados usam. Normalmente, seus leitores terão que fornecer seus endereços de e-mail para receber o produto de você. Você pode usar isso para vender algo para eles por email marketing. Além disso, um produto informativo pode gerar interesse no produto real que você está tentando vender. Se o seu produto é popular o suficiente e traz tráfego suficiente para o seu site, você também pode monetizar o tráfego de outras maneiras, como o AdSense como falamos no artigo sobre tipos de afiliados

O tipo de conteúdo que você cria para o seu site vai depender muito do seu nicho, pois certos tipos de conteúdo têm melhor desempenho em alguns nichos do que em outros

Lembrese : a compra de conteúdo genérico NÃO é um método eficaz para construir seu site. Embora possa ser tentador preencher seu site dessa forma, a longo prazo não ajudará você a se posicionar como um especialista em seu nicho (e, em última análise, significa menos tráfego e menos vendas)

  1. Construir um público

Construir um público para o seu site, de certa forma, acontecerá naturalmente assim que você começar a produzir conteúdo excelente. Um público interessado não só trará tráfego consistente, mas também resultará em vendas consistentes para você

Então, como você começa a construir um público para um site completamente novo? Aqui estão algumas idéias:

  • Promova o seu conteúdo nas redes sociais

A maneira mais fácil e comum de começar a construir uma audiência para um site é por meio das redes sociais. Dependendo do seu nicho, você pode escolher entre  Facebook , Twitter , Instagram , Pinterest, etc

Construir seguidores engajados e interessados ​​nas redes sociais é uma ótima oportunidade para construir relacionamentos e, uma vez que você tenha a confiança deles, promova seus produtos e serviços para eles

  • Postagem como convidado em blogs de alto tráfego

Embora seu site ainda seja novo, é uma boa ideia é capitalizar o público de outra pessoa. Continue se concentrando na criação de seu próprio conteúdo, mas também considere escrever conteúdo para alguns blogs grandes e de alto tráfego que sejam relevantes para o seu nicho. Ao escrever conteúdo para um site maior, você é capaz de chegar à frente de outro público e mostrar sua experiência em um determinado tópico. Isso eventualmente levará a mais tráfego para seu site também.

  • Construa uma lista de e-mail

Não deixe ninguém dizer que o marketing por e-mail está morto. Uma lista de e-mail é crucial para os afiliados. Você pode começar a construir sua lista de e-mail com um ímã de leads (como as iscas digitais que foram mencionados anteriormente) ou mesmo apenas encorajando seu público a se inscrever para receber suas newsletters. Você pode então enviar seu conteúdo a esse público por e-mail e também direcioná-lo para ofertas e promoções.

Use técnicas básicas de  SEO  para aumentar o tráfego do mecanismo de pesquisa em seu site

A pesquisa orgânica continua sendo uma importante fonte de tráfego para qualquer site, por isso é importante que você otimize seu site também para os mecanismos de pesquisa. Ao criar seu conteúdo, você deve sempre escrever  mantendo sempre o leitor em mente primeiro, mas não se esqueça de seguir alguns princípios básicos de SEO Onpage também

Aprenda SEO  sozinho ou contrate um bom profissional de SEO para ajudá-lo a maximizar as oportunidades de SEO on-page e off-page para seu site. Se o seu site começar a aparecer nos resultados de pesquisa de termos relevantes para o seu nicho, será um grande impulso para construir seu público (e suas vendas)!

  • Invista em publicidade paga

Muitos anunciantes usam publicidade paga para gerar tráfego adicional para seu site e conseguir mais vendas usando o Google Ads 

  1. Promova ofertas

Finalmente, a parte que todos esperávamos!

É aqui, meus amigos, que as coisas realmente ganham velocidade. Muitos afiliados pularão direto para esta etapa e contornarão as etapas 1–5 completamente. E é isso que o diferencia. Depois de mostrar que pode oferecer algo de valor em seu nicho, é hora de continuar agregando valor ao promover produtos que serão úteis para o seu público

Você pode promover suas ofertas de várias maneiras. Dependerá do tipo de site que você construiu e também do que você está vendendo. Algumas ideias incluem:

  • Reviews de produtos

Escreva análises e avaliações honestas e reais sobre os produtos. Conquiste a confiança de seu público e lembre-se de que eles confiam em sua opinião. Não se limite a apontar todos os aspectos positivos de um produto e ignorar os negativos. Uma opinião honesta será valorizada. Adicione imagens atraentes e mencione recursos úteis, especificações e outros detalhes e indique sempre os produtos com seu link afiliado.

  • Anúncios

Você pode colocar banners em seu site, para promover suas ofertas de afiliados. A maioria dos programas de afiliados geralmente fornece seus próprios criativos quando você se inscreve para receber suas ofertas. Tudo o que você precisa fazer é inserir o banner em uma página com muito tráfego (o link  afiliado geralmente está embutido no código). Anúncios em banner nos locais certos podem fazer um ótimos resultados.

  • Promoções por email

Se você criou uma lista de e-mail, também pode promover suas ofertas de afiliados por meio de envios de e-mail. Os e-mails que você envia devem conter seus links de afiliados para produtos, para quando seu público clicar. a venda é atribuída a você.

Resumo do post

Seu trabalho contínuo como um  afiliado consistirá em repetir as etapas 4 a 6 continuamente. Construir um site a ponto de gerar uma receita consistente dá um pouco de trabalho e você deve estar disposto a criar, promover, inovar e, claro, vender constantemente

Pode parecer assustador fazer todo o trabalho necessário para configurar seu site e construir sua reputação. Mas acredite em mim, depois de fazer a primeira venda, todo o trabalho duro valerá a pena!

Para resumir tudo, fazer sua primeira comissão de afiliado requer um pouco de trabalho, mas se você dividir tudo e seguir passo a passo, não parecerá tão complicado como parece. Aqui está uma rápida recapitulação do que você precisa fazer:

  1. Escolha o seu nicho
  2. Pesquise diferentes programs e produtos de afiliados
  3. Construa um site.
  4. Produza conteúdo excelente
  5. Construa um público
  6. Promova as ofertas
  7. Repita as etapas 4,5 e 6 continuamente!

Texto por: Tiago Miarelli 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
28
Setembro

O que é a LGPD e como ela pode afetar o Mercado de Afiliação

Muito se tem discutido acerca do que disponibilizamos e de que forma são utilizadas as informações adquiridas quando realizamos um simples cadastro online ou quando logamos em um novo aplicativo, por exemplo. Pensando nos riscos que o uso indevido de dados pode oferecer, em agosto de 2018 foi sancionada uma lei que traz regras para o armazenamento de informações de consumidores e usuários por empresas e órgãos públicos.

 

A Lei Geral de Proteção de Dados (Lei Nº 13.709, de 2018) regulamenta o uso, proteção e transferência de informações como nome, e-mail, idade, estado civil, situação patrimonial e até mesmo cookies. A utilização de conteúdos pessoais que possibilitam a identificação da pessoa natural (ou seja, que separado ou junto com outras informações pode identificar quem é o indivíduo) só será possível se houver consentimento explícito do usuário.

 

Após diversas reviravoltas no que se trata ao começo da vigência da lei, o Senado derrubou a possível prorrogação que ocorreria para o fim do ano, dessa forma a LGPD deverá começar a vigorar nas próximas semanas. Entretanto, as penalidades pelo não cumprimento da nova lei só serão aplicadas a partir de Agosto de 2021.

 

A LGPD pode afetar o meu trabalho como afiliado?

 

Considerando que os métodos de divulgação utilizados no nosso mercado muitas vezes envolvem a utilização de dados digitais, a LGPD poderá sim afetar a rotina e métodos de trabalho de um afiliado. Como existem diferentes tipos de afiliados, com as mais diversas fontes de tráfego, a nova lei poderá afetar cada um de diversificadas maneiras, de acordo com a especificidade de cada forma de divulgação aplicada nas campanhas. 

 

Uma das áreas mais afetadas será a de E-mail Marketing. Com a LGPD, práticas como a compra e venda de listas de e-mails serão proibidas, e além disso, o consentimento do usuário para o recebimento de e-mails se tornará estritamente necessário para que o disparo aconteça de forma legal.

 

O que posso fazer para me adequar à LGPD como afiliado?

 

É importante estudar como funcionarão as aplicações da nova lei mais especificamente para o tipo de tráfego que você trabalha. Como um exemplo, podemos citar os clássicos e longos “termos de uso” que todos aceitam, mas não leem. Eles precisarão ser mais claros, transparentes e simplificados, para que possamos compreender e selecionar o que é válido ou não.

 

Como o Marketing de Afiliação é muito abrangente, alguns tipos de afiliados certamente serão mais afetados do que outros. Portanto, você deverá checar as normas e parâmetros que poderão influenciar diretamente no seu tipo de trabalho e se atentar às mudanças que serão necessárias, para assim, aplicá-las no seu fluxo diário.

 

Artigo escrito por Larissa Barreto

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
14
Setembro

Você Sabe como trabalhar com o Telegram? 

 

O Telegram é uma rede social de mensagens privadas e em grupos criada em 2013 por uma empresa russa. O app grátis da Rússia está disponível para celulares Android, iPhone (iOS) e Windows Phone, além das versões para desktop e web. Seu conteúdo fica armazenado na nuvem, promovendo mais eficiência e rapidez no envio de mensagens e de conteúdos mais pesados, no formato PDF, por exemplo. Conta ainda com funcionalidades de áudio, imagem, vídeo, emojis, stickers e outras ferramentas de interação e engajamento, como enquetes.

Para começar contar as vantagem, no App as mensagens apresentam um contador de visualizações. Além disso, é possível criar canais privados e públicos, que podem ser encontrados por outros usuários do Telegram a qualquer momento através das buscas. Os canais privados só permitem a entrada a partir de um convite do criador ou um link de acesso. Já os grupos funcionam de uma forma diferente, eles têm um limite de 200 mil usuários – o que já é extremamente superior ao limite de 256 participantes dos grupos do WhatsApp, por exemplo.

A grande diferença que faz com que o Telegram seja té mais seguro que o WhatsApp é a privacidade do seu número de telefone. Quando se está em um grupo, só é possível ver a lista de membros do grupo e suas informações pessoais quando o grupo é privado. A maioria dos grupos de Business no aplicativo você só consegue verificar o contato do Administrador.

Como dito acima, o Telegram também oferece seu próprio recurso de Stickers e permite que usuários possam criar seus próprios adesivos para usar nas conversas através do aplicativo. Stickers são uma excelente forma de reagir à mensagens e deixar a conversa o mais amigável possível.

Outra vantagem do Aplicativo, sendo um dos maiores motivos para se utilizar o Telegram para negócios, os Bots são extremamente úteis e podem facilitar sua vida imensamente. O aplicativo permite que usuários criem seus próprios Bots, realizando diversas funções e atendendo necessidades de acordo com seu negócio.

Um outro ponto do Telegram, em comparação ao WhatsApp, é que ele é integrado perfeitamente para uso na nuvem. Com isso, é possível acessar todos seus recursos através de qualquer navegador acessando a página oficial do aplicativo.

Agora que você já conhece o aplicativo e sabe das suas vantagens, não perca mais tempo e o use para crescer cada vez mais no Mercado de Afiliação.
Qualquer dúvida ou sugestão, deixe aqui nos cometários.

 

 

Artigo escrito por Laura Riggo

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
1
Setembro

TIPOS DE SITES DE AFILIADOS

Neste artigo iremos falar sobre tipos de sites afiliados. Existem diversos tipos de sites afiliados e que podem ser classificados em duas categorias principais: Nichados e Geralzão

 

Sites Nichados

Sites nichados são aqueles que são especializados em determinada categoria de Ecommerce, linha de produtos ou um nicho inteiro, geralmente são compostos de produtos específicos daquele nicho e com poucos anunciantes. É o tipo de site que chamamos de site especialista ou também como site de vertical

 

Sites Geralzão

São sites que englobam diversos anunciantes, diversas categorias e inúmeros produtos. É o tipo de site mais comum na internet

 

Qual o melhor tipo de site: Nichado ou Geralzão?

Ao contrário da crença de que quanto mais produtos e anunciantes eu tiver no meu site, maior serão as chances de vender igual é nos sites geralzão, os sites nichados são os queridinhos dos anunciantes pois eles tem exatamente o público que tem mais afinidade com os produtos daquele anunciante.

 

Exemplo: Se Motorola quer aumentar suas vendas com afiliados, logicamente ela irá procurar por sites ligados a reviews de celulares e sites agregadores de celulares

 

A regra máxima no marketing de afiliados é: Quanto mais nichado seu site for, mais chances de sucesso você terá pois tem o público exato que os grandes anunciantes procuram.

 

Quais são os tipos de sites afiliados?

Independente do site ser nichado ou geralzão, eles são classificados em diversos tipos específicos conforme vamos falar abaixo:

 

Sites de Conteúdo

Nessa categoria estão englobados os blogs e sites de notícias, são sites que geram conteúdos para assuntos diversos, assuntos de um determinado nicho ou mesmo notícias. A grande maioria destes sites são monetizados com campanhas de CPM. ( Google adsense e Adnetworks) pois desconhecem outras formas de monetização como CPA e CPL que inclusive você pode conferir na aba campanhas da Action pay e monetizar melhor seu site muito além do CPM.

 

Sites de Cupom

São sites agregadores de cupons de desconto e links promocionais, São sites que divulgam cupons de desconto de diversas lojas e ganham uma comissão para cada venda realizada pelo usuário que utilizou aquele código do cupom ou comprou utilizando um link promocional

 

A Action pay disponibiliza diversos cupons que você pode divulgar no seu site de cupons.

 

Agregadores de Ofertas

Um dos tipos mais comuns de sites afiliados, eles são agregadores de produtos, diversos modelos destes produtos de vários anunciantes. É o tipo de site geralzão e geralmente tem dezenas de categorias de produtos. Podem ser nichados ou não também

 

Fóruns de Promoções

Fóruns de promoções são sites aonde os membros podem postar cupons de desconto, produtos em promoção e ofertas com desconto. É o tipo de site que chamamos de comunidade. O grande diferencial deste tipo de site é a ajuda mútua entre os membros

 

Comparadores de Preços

São sites que como o próprio nome diz, comparam preços do mesmo produto em diversas lojas anunciantes. Os comparadores preços trabalham com atualização de preços em tempo real. Eles estão entre as tops fontes de pesquisa de preços para tomada de decisão de compra por parte do consumidor

 

White Label

Um site White label é aquele que se associa a outro site. São sites independentes que utilizam a marca proprietária do site principal, é muito usado por sites de cupons de desconto em parceria com sites de notícias

 

Reviews de Produtos

São sites que avaliam produtos minuciosamente com seus prós e contras e indicam aos seus usuário quais são os melhores produtos, as melhores marcas, os melhores modelos e quais características técnicas cada produto apresenta.

 

Landing pages de Produtos Únicos ou Sazonais

Não são praticamente um site em si, são landing pages aonde o afiliado divulga somente um produto, fazendo o review desse produto e indicando as melhores lojas e os melhores modelos. Essa técnica é muito utilizada pelos profissionais de dropshipping. Essas landing pages podem ser fixas ou apenas sazonais como na black Friday por exemplo

 

E ai? Gostou? Você já conhecia estes tipos de sites afiliados? Deixe nos comentários o que achou e caso tenha alguma dúvida, será um prazer responder você. Participe!

 

Artigo escrito por Tiago Miarelli

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
18
Agosto

ENTENDA OS TIPOS DE AFILIADOS QUE EXISTEM

 

Afiliados CPA – Custo por Ação

É o tipo mais comum de afiliado que ganha uma comissão por cada venda realizada ou por cada ação executada, lembrando que estas ações executadas podem ser o preenchimento de um formulário como nas campanhas de CPL ou um download de aplicativo como fazem os afiliados de CPI

 

Afiliados CPM.

Afiliados de CPM – Custo por Mil Impressões. São os afiliados que monetizam seus sites afiliados com a impressão de anúncios. Eles ganham um determinado valor para cada 1000 impressões deste anúncio em seu site. O google Adsense é o modelo mais comumente usado por este tipo de afiliado

 

Afiliados CPC

São afiliados que trabalham com campanhas de CPC – Custo por Clique, ou seja, este tipo de afiliado ganha um valor determinado para cada clique que um usuário faz no seu site, seja em um link ou em um banner. As comissões por clique podem ser por clique único ou por duplo clique, nas comissões por duplo clique o usuário tem de clicar no link ou banner do site afiliado e ao chegar no site do anunciante, tem de clicar em algum produto por exemplo, só assim a comissão é contabilizada para o afiliado.

Cabe lembrar que geralmente campanhas de CPC são geralmente fechadas e somente são oferecidas para afiliados cuja audiência tem afinidade com os produtos do anunciante. Sites Nichados tem alta chance de receberem campanhas de CPC

Este tipo de campanha é veiculada através de links, banners e disparo de email de marketing como você verá abaixo.

 

Afiliados de Email Marketing

Os afiliados de email marketing como o próprio nome diz, são afiliados que trabalham com email marketing e podem ser comissionados de algumas formas:

CPD – Custo Por Disparo: O afiliado recebe um valor fixo por determinada quantidade de e-mails enviados

CPA- Custo por Abertura – O afiliado recebe um valor fixo para cada email aberto pelo destinatário

Aqui vale mencionar que afiliados de email marketing também rodam muito campanhas de CPC –  Custo por Clique e Campanhas de CPA

 

Afiliados de CPI

São afiliados Mobile, Eles trabalham com campanhas que visam o download de aplicativos e podem ser monetizados de 2 formas:

– Por Download único

Nas campanhas de download único, os afiliados de CPI ganham uma comissão fixa para cada usuário que fazem um download de um determinado aplicativo

– Por Evento

Já nas campanhas por evento, além do usuário fazer o download do aplicativo, este usuário também tem de executar alguma ação, seja o primeiro pedido ou a primeira compra. Ou seja, o afiliado de CPI somente irá ganhar a comissão depois que usuário usar o aplicativo de fato

 

Afiliados de CPL

Os afiliados de CPL – Custo Por Lead – São afiliados que ganham comissões para cada lead (Potencial cliente) que eles conseguem para o anunciante, os famosos formulários

Vale ressaltar que quanto mais campos necessários de preenchimento um formulário contiver, maior será a comissão do afiliado e maior será a dificuldade do afiliado para conseguir novos usuários que sejam leads.

Como falamos no artigo sobre tipos de sites afiliados, quanto mais nichado for um afiliado, seja de redes sociais ou com site próprio, maior serão as chances de conversão em campanhas de CPL

 

Afiliados de Tráfego Arbitrado

São afiliados especializados na compra de tráfego, é um tipo de afiliado mais sofisticado. Ele compra tráfego em formato e ganha comissão em outro, exemplo: Ele compra tráfego via CPM. e ganha comissão em CPA, CPL ou CPI

 

Na Actionpay temos vários tipos de campanhas, faça sua inscrição e converse com seu Account manager para saber um pouco mais sobre as campanhas disponíveis

 

E ai? Gostou? Você já conhecia estes tipos de sites afiliados? Deixe nos comentários o que achou e caso tenha alguma dúvida, será um prazer responder você. Participe!

 

Artigo escrito por Tiago Miarelli

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
9
Julho

E-commerce na Pandemia

Bom, como todos nós sabemos, a pandemia do covid-19 chegou e acabou prejudicando demais tanto a economia nosso país, quanto a mundial, e principalmente, os comércios de uma maneira geral. Os empreendedores, as marcas, lojas e negócios locais, precisaram tomar uma atitude rapidamente, então eles começaram a se reinventar! E assim, a necessidade por uma outra fonte de renda fez com que a procura por e-commerces e lojas onlines crescesse. Nossas redes nunca viram tanta gente online e ativa nos últimos 3 meses. Por isso, conseguimos observar que teve um crescimento, relevante, no meio digital com a migração de lojas físicas para lojas onlines! 

 

Em primeiro lugar, é de extrema importância destacarmos que por mais que as pessoas tenham continuado com a sua necessidade de consumir, as prioridade mudaram. Através da revista Época Negócios, as empresas que mais cresceram no meio da crise foram da categoria de casa, decoração, utilidades em geral e restaurantes! Através dessa pesquisa disponibilizada por eles, conseguimos analisar que o público passou a valorizar mais ainda o local onde estavam passando a maior parte do tempo: as suas casas! 

 

Uma outro ponto que podemos apontar é o crescimento significativo das empresas e marcas, tanto iniciantes, quanto às mais experientes no mercado, em relação ao posicionamento digital! Nunca se viu tanta produção de conteúdo e relacionamento, de forma humanizada, dos negócios com o seu público alvo. Isso gerou conexão no meio do mercado e consequentemente, atraiu mais admiração e consumo da população! 

 

Em suma, para concluir nossas concepções do crescimento do e-commerce na pandemia, podemos observar que algumas estratégias de marca foram adaptadas para esse novo público que surgiu e para as suas prioridade, como por exemplo, a loja Renner sendo divulgada através da live da Marília Mendonça no Youtube, ou outras parcerias com Influenciadores Digitais. Por isso sempre falamos, precisamos cada vez mais nos reinventar e conquistar a sociedade através da humanização! Aqueles que conseguiram unir essas duas atitudes, foram as que tiveram relevância e conseguiram sobressair no mercado digital. 

 

Artigo escrito por Joyce Ribeiro

 

 

 

afiliado — Sem comentários
Ler mais
1 2 3 6