9
Julho

E-commerce na Pandemia

Bom, como todos nós sabemos, a pandemia do covid-19 chegou e acabou prejudicando demais tanto a economia nosso país, quanto a mundial, e principalmente, os comércios de uma maneira geral. Os empreendedores, as marcas, lojas e negócios locais, precisaram tomar uma atitude rapidamente, então eles começaram a se reinventar! E assim, a necessidade por uma outra fonte de renda fez com que a procura por e-commerces e lojas onlines crescesse. Nossas redes nunca viram tanta gente online e ativa nos últimos 3 meses. Por isso, conseguimos observar que teve um crescimento, relevante, no meio digital com a migração de lojas físicas para lojas onlines! 

 

Em primeiro lugar, é de extrema importância destacarmos que por mais que as pessoas tenham continuado com a sua necessidade de consumir, as prioridade mudaram. Através da revista Época Negócios, as empresas que mais cresceram no meio da crise foram da categoria de casa, decoração, utilidades em geral e restaurantes! Através dessa pesquisa disponibilizada por eles, conseguimos analisar que o público passou a valorizar mais ainda o local onde estavam passando a maior parte do tempo: as suas casas! 

 

Uma outro ponto que podemos apontar é o crescimento significativo das empresas e marcas, tanto iniciantes, quanto às mais experientes no mercado, em relação ao posicionamento digital! Nunca se viu tanta produção de conteúdo e relacionamento, de forma humanizada, dos negócios com o seu público alvo. Isso gerou conexão no meio do mercado e consequentemente, atraiu mais admiração e consumo da população! 

 

Em suma, para concluir nossas concepções do crescimento do e-commerce na pandemia, podemos observar que algumas estratégias de marca foram adaptadas para esse novo público que surgiu e para as suas prioridade, como por exemplo, a loja Renner sendo divulgada através da live da Marília Mendonça no Youtube, ou outras parcerias com Influenciadores Digitais. Por isso sempre falamos, precisamos cada vez mais nos reinventar e conquistar a sociedade através da humanização! Aqueles que conseguiram unir essas duas atitudes, foram as que tiveram relevância e conseguiram sobressair no mercado digital. 

 

Artigo escrito por Joyce Ribeiro

 

 

 

Deixe uma resposta