4
Março

4 razões para investir em um Marketplace

Atualmente é quase impossível buscar por alternativas de compra online e não se deparar com produtos que são expostos em lojas virtuais e em variadas plataformas de marketplace. 

 

De acordo com uma pesquisa da UPS Pulse of the Online Shopper 2019, realizada pela PwC em parceria com a UPS, só no Brasil, 95% dos consumidores que compram online realizam o ato através do marketplace e cerca de 44,1% pretendem comprar mais produtos por esse tipo de plataforma. 

 

Isso acontece graças a segurança que o marketplace proporciona a quem o utiliza, não somente porque garante o pagamento seguro e o acompanhamento da entrega, mas também por proporcionar uma experiência de compra em que o consumidor entende que encontrou o produto com as melhores condições que deseja. 

Mas afinal, o que é um marketplace?

 

O Marketplace é como um shopping virtual. Existem diversas lojas que aparecem nesse shopping que, como em uma vitrine, expõe seus produtos, ofertas e benefícios. 

 

Quem se interessa por sua loja ou por algum produto que você vende abaixo poderá realizar a compra dentro desse espaço, sendo que a plataforma escolhida poderá arcar com o custo de envio, de meio de pagamento, entre outros trâmites operacionais.

 

Esses canais costumam aplicar o modelo CPA (Custo por Aquisição), ou seja, há uma porcentagem de comissão por venda realizada. A conta só é paga após o retorno de toda essa exposição que a plataforma realiza.

Tipos de Marketplace

Para que o marketplace esteja de acordo com seus objetivos de vendas, é muito importante saber quais são seus tipos e com qual público você deseja interagir. Entenda melhor abaixo em qual campo você se encaixa! 

 

  • Marketplace B2C – Business to Consumer; Empresa para Consumidor: a empresa está na plataforma vendendo diretamente para o consumidor final. Entre os exemplos de plataformas B2C estão: Amazon, Americanas.com; 
  • Marketplace C2C – Consumer to Consumer; Consumidor para Consumidor: Possibilita a venda entre pessoas físicas, garantindo suporte, entrega e pagamento. Neste caso, os exemplos de plataformas C2C são Enjoei, Uber, OLX e Airbnb.

Razões para investir em um marketplace

1. Baixo investimento inicial

Implantar seus produtos em um marketplace é contar que sua marca está online em uma plataforma que já possui estrutura para marketing, suporte operacional e logístico, oferecendo meios de pagamento variados com garantia de segurança em todo processo. 

 

Para quem está pensando em como abrir um negócio com pouco dinheiro, essa é uma das principais razões.

 

Inicialmente você só precisará ter estoque, capital de giro e gestão para acompanhamento do processo. 

 

É como se o marketplace realizasse a parte burocrática, que costuma gastar muito na fase inicial do investimento, enquanto você administra o capital e o desenvolvimento das linhas de produtos. 

 

2. Search – Visibilidade

 

Uma vez que você opta pela afiliação com os principais marketplaces do seu nicho, a visibilidade de sua loja aumenta graças ao grande número de acessos que essas plataformas possuem. 

 

O potencial de vendas é muito alto, pois você aparecerá para quem realmente se interessa pelo segmento em que você atua!  

 

3. Relacionamento e Fidelização com seus clientes

Assim como o Marketing de Afiliados trabalha promovendo a parceria através de experiências e recomendações de parceiros, os usuários que adquiriram seu produto através do marketplace serão capazes de ampliar as experiências a outros potenciais clientes do seu nicho.

 

O marketplace possibilita que você acompanhe o desenvolvimento das vendas, as principais queixas dos clientes e o que eles esperam de você nas próximas experiências de compra. 

 

4. Receita 

Como o produto está sendo anunciado em um canal de venda sólido e conhecido pelo consumidor daquele segmento, que provavelmente chegou lá por recomendações ou por direcionamento de suas pesquisas, a chance da conclusão da compra é muito maior.

 

Os investimentos iniciais são menores, o tráfego muito maior e ainda existe a possibilidade de manter a operação no marketplace e em seu próprio e-commerce caso o utilize.

Invista e venda muito mais

O marketplace conquistou fatias do mercado que anteriormente careciam de planejamento e de entendimento, em relação ao que o consumidor estava esperando das lojas que o interessavam.

 

Desta forma, também entendemos que esta plataforma trouxe à tona que, no final, o consumidor só precisa conhecer suas opções e sentir-se seguro com sua escolha. 

 

Independente da venda ser feita entre empresas ou entre consumidores, o importante é saber como deseja se situar e se esse meio funciona para você.

 

Não perca tempo, se essas razões fazem sentido para você, comece já a investir! 

 

Conteúdo produzido por Rebecca Marques | Equipe de conteúdo do Marketing para Indústria

 

 

 

Deixe uma resposta