13
Setembro

7 dicas para afiliados usarem Facebook Ads

A ferramenta de anúncios do Facebook pode ser uma grande aliada na vida dos afiliados e, se for utilizada da forma correta, pode mudar completamente os seus resultados e gerar um excelente retorno. O Facebook Ads se tornou a mídia paga mais procurada do mundo para aumentar a geração de leads e ampliar resultados.

 

É importante entender o comportamento do público que será atingido para fazer uma segmentação correta da campanha dentro do Facebook, otimizando os seus investimentos com uma comunicação satisfatória. Confira também nossas 5 dicas de Facebook Marketing para afiliados.

 

A rapidez e a facilidade no momento da elaboração de uma campanha ou anúncio juntamene com a velocidade com que os resultados surgem, tornam os canais mais acessíveis a qualquer pessoa que queira começar a divulgar produtos ou serviços.

 

Depois de conhecer o Facebook Ads, você precisa de dicas que poderão melhorar e aumentar o resultado de suas campanhas e anúncios.

 

1. Facebook Ads é diferente do Google Adwords

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que, apesar de terem um objetivo final semelhante, o Facebook Ads e Google Adwords têm funcionalidades bastante diferentes. A forma de fazer publicidade, realmente, é bem parecida, ambas irão trabalhar com anúncios com o objetivo de gerar conversão, mas a diferença se dá na apresentação do anúncio.

 

No Google Adwords, você está lidando com um público que já está disposto a converter, afinal eles estão fazendo buscando seu produto ou serviço. Isso significa que o interesse em praticar a ação é muito maior. Já com o Facebook, é diferente, pois quem entra na rede social, na maioria das vezes, não está buscando a compra, mas sim o entretenimento, logo, anúncios podem ser vistos de forma invasiva.

 

Outra diferença importante: o Adwords foca na utilização de palavras-chave, já o Face Ads valoriza as imagens, pois toda a interface é baseada em conteúdo visual.

 

2. Faça uso do Pixel do Facebook Ads

O pixel possibilita que você acompanhe todos os seus anúncios e adquira informações importantes. Esse código é instalado em seu site e assim você consegue monitorar os resultados de cada anúncio criado.

 

Com o pixel do Facebook Ads é feita a contabilização das conversões que são geradas em seus anúncios, cria as listas de público que passou no site e de retargeting, semelhante ao remarketing do Google AdWords.

 

3. Explore e utilize Facebook Power Editor

Essa é a ferramenta de gerenciamento dos anúncios no Facebook. Ela possibilita realizar ações da maneira mais rápida como: criar, editar e duplicar, como também as alterações em massa. O Power Editor é um pré-requisito para você utilizar com o Facebook Ads da maneira mais produtiva e eficaz.

 

4. Use imagens engajadas com o assunto do anúncio

É preciso escolher com cuidado as imagens que serão utilizadas, às vezes, é preciso apostar na simplicidade para converter. O problema é que muitos anunciantes não têm a preocupação de usar boas imagens em seus anúncios, muitos ainda utilizam fotos que não tem qualquer relação com o assunto apresentando e, com isso, acabam tendo uma gigante rejeição do anúncio.

 

Outro grande erro é usar imagens apelativas para chamar a atenção. Não faça isso! Use uma imagem, foto ou ilustração que tenha relação com o assunto falado. Também é importante lembrar que existe uma regra de apenas 20% de texto nas imagens, ou seu anúncio sofrerá uma redução gigantesca no alcance.

 

5. Tome cuidado para fazer a segmentação correta

Para anunciar é preciso saber segmentar o anúncio ou campanha para entregar um conteúdo interessante e focado para o público alvo, porém nem todos fazem isso da maneira correta. O segredo está em obter dados precisos de seu público, como faixa etária, gênero, assuntos de interesses e etc. Quanto mais informações você obter sobre o seu público, maiores as chances de acertar no que eles procuram.

 

6. Não solte toda a verba de uma vez só

No começo não solte todo seu dinheiro. Campanhas iniciais são para testar se a segmentação feita está convertendo satisfatoriamente. Pode até acontecer, mas você não vai acertar em cheio de primeira. Você deve ter paciência e testar sempre.

 

Uma boa estratégia é anunciar para até 3 grupos de interesse distintos, incluindo campanhas diferentes e identificar quais anúncios estão convertendo mais, pausar uma para investir o valor restante na que está melhor. Outra dica é segmentar as campanhas para homens e/ou mulheres, pois costumam ter interesses diferentes.

 

7. Teste tudo o que for relativo à campanha

Isso deve ser pré-requisito para tudo no marketing digital. Diversas campanhas fracassam por erros que poderiam ser evitados em testes simples. Em caso de anúncios é pior, pois será dinheiro jogado fora. É interessante sempre checar várias vezes para confirmar se o caminho da estratégia da campanha está funcionando e certificar que o usuário realize o que você propôs.

 

Antes de colocar um anúncio no ar ou aumentar seu orçamento, pense na estratégia como um todo e o que vai acontecer após a pessoa clicar em seu anúncio. Algumas coisas que você deve checar:

 

• A segmentação do anúncio está correta?
• Há erros no anúncio ou nas páginas de destino?
• A página de destino está funcionando?
• Os textos estão transmitindo bem a proposta da oferta?

Tudo isso faz parte de uma estratégia de Marketing Digital bem definida. Verifique tudo isso antes, pois nem a melhor campanha com o maior investimento, consegue ter resultados satisfatórios sem que a estratégia toda esteja funcionando.

 

“O bom conteúdo é a melhor ferramenta de vendas do mundo.”
– Marcus Sheridan

• equipe actionpay

 

Deixe uma resposta